Metodo histórico-comparativo

Páginas: 5 (1182 palavras) Publicado: 22 de maio de 2012
Método Histórico-Comparativo

O Método Histórico-Comparativo é aplicável a casos de grupos de línguas genealogicamente afins. Dados colhidos nas línguas com a mesma origem são comparados entre si para lhes encontrar a forma originaria, determinar os metaplasmos ocorridos, verificar-lhes o significado, a formação de novos campos semânticos, o motivo ou os motivos de tais formações, e inúmerasquestões semelhantes.
Entretanto, o levantamento e a comparação das formas correspondentes nas outras línguas e dialetos românticos mostram que não foi esse processo, embora foneticamente possível, que originou o termo português. Desse modo, a forma portuguesa seria um fato isolado e incomum, chegando a uma forma convergente por um caminho possível, mas de fato não trilhado, já que as formascorrespondentes nas outras línguas e dialetos românticos do mesmo étimo invalidam essa derivação.
Essas considerações, segundo o método histórico-comparativo, permitem concluir que daxare era uma variante popular, por influencia sabina, de laxare; essa forma popular, porem, só conseguiu suplantar a outra e fixar, na faixa ocidental oeste da Romania, isto e, parte da Provença, Iberia e Sicilia, essavariante como única, arcaizando a outra.
O Método histórico-comparativo tem sido particularmente útil na reconstituição do léxico do latim vulgar. Principal fonte léxica das línguas românicas, o latim vulgar certamente nunca terá seu tesouro vocabular totalmente documentado, tendo-se perdido muitos termos usuais e correntes. Contudo, partindo-se de dados fornecidos pelas línguas românicas, pode-sepostular com segurança a existência dos vocábulos-fontes correspondentes no latim vulgar, ainda que não documentados, mas que podem ou não ser documentados posteriormente.
O Método histórico-comparativo, porem, não obteve os mesmos resultados satisfatórios em todos os níveis da linguagem. Na fonética, na morfologia, no léxico e questões afins o método revelou-se profícuo. Sua aplicação a sintaxeapresenta maiores dificuldades porque esse nível e mais difícil comprovar a regularidade e a constância das correspondência em que o método se fundamenta.
Já quando cada uma delas aparece inversamente, caso um termo se encontre em uma só língua, maior e a probabilidade de que se trate de uma criação própria. Contudo, e preciso levar em conta que se trabalha com um principio metodológico genérico;cada caso deve ser estudado de modo individual. Mesmo quando um termo foi conservado por apenas uma língua românica, pode ele ser herança latina, como o rom. Sarcina, “bagagem”, de sarcina, ae, só encontrado nessa língua (Rew 7598).
Portanto, o método histórico-comparativo, devidamente usado foi e continua sendo profícuo, realmente muito útil para o conhecimento tanto do latim vulgar como daslínguas românicas; o mesmo se verificou nos outros campos em que foi empregado, como no das línguas germânicas e eslavas.
MÉTODO IDEALISTA


Por seu caráter filosófico e de linguística geral, o método dito idealista de Karl Vossler (1872-1949) foge um tanto dos parâmetros propriamente filológicos. Contudo, por ter Vossler aplicado seus princípios idealistas e estéticos as línguas românicas,sobretudo ao francês, convém resumir-lhes os pontos principais.
Em Positivismus und Idealismus in der Sprachwissenschaft (“Positivismo e Idealismo na Ciência da Linguagem”), de 1904, Vossler atribui ao positivismo a pesquisa dos fatos linguísticos, de modo objetivo, enquanto o idealismo procura estabelecer as relações de causalidade entre eles; parte, portanto, do principio de que o fato linguístico emotivado.
Atenuando o idealismo o Vossler, Wartburg mostra que a língua e de fato uma expressão da cultura e da mundividencia do povo que a usa. Entre outros, adotaram princípios desse método, com maior ou menor amplitude, Eugen Lerch (1888-1952), Lco Spitzer (1887-1960) e Giulio Bertoni (1878-1942).
Em conclusão, os resultados a que chegou o método idealista são em geral inexatos e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Método comparativo
  • Método comparativo
  • Metodo comparativo
  • Método Comparativo
  • metodo comparativo
  • Método comparativo
  • metodo comparativo
  • metodo comparativo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!