Mercado de trabalho do Designer

Páginas: 5 (1042 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
Crescente Mercado de Trabalho para Designers

Com a revolução industrial no século passado, momento em que as pessoas começaram a pensar maneiras de desenvolver projetos e produtos levando-se em conta a nova escala industrial e a produção em massa, a profissão de designer começou a ganhar importância. No entanto, por muito tempo no Brasil, esses profissionais eram formados em arquitetura oudesenho industrial, e só próximo ao ano 2000, o Ministério da Educação publicou documentos que orientavam e criavam as diretrizes educacionais para o ensino de design.
O trabalho do designer é, em princípio, criar matrizes, como explica Alécio Rossi, coordenador de desenvolvimento de cursos da área de Design do SENAC-SP: “essas matrizes são multiplicadas e depois colocadas para o consumo. Um bomdesigner cria boas matrizes que economizam materiais e melhoram a qualidade de vida das pessoas que usarão o produto depois que ele já tiver sido industrializado. É uma cadeia de produção”.
As opções de especialização para esse profissional, por sua vez, são diversas. Ele pode escolher ser um designer automobilístico, designer de moda, designer gráfico, designer de produto, designer de jóias,designer de interiores, web designer, design de interfaces digitais, designer de embalagem, designer de multimídia, entre outros. Algumas dessas áreas podem ser encontradas em cursos de graduação, enquanto outras, em cursos de extensão e especialização, e pós-graduações.
O design gráfico, por exemplo, tem uma carreira enorme em publicações impressas ou digitais, como jornais, revistas e livros, etambém pode ter um mercado de trabalho muito abrangente para a produção de embalagens. Já o design de interfaces digitais, área mais recente, trabalha com a interface de todos os sites, quiosques de comunicação eletrônica, e agora está começando com uma linha de projetos pra design de TV digital”, explica Rossi, “o design de produto está ligado às diferentes indústrias e tem um leque bastanteabrangente. Enquanto que o designer de moda cria matrizes que, após um processo, entram em determinadas indústrias para o consumo de um grande número de pessoas; como por exemplo, um modelo de calça, que vai para a indústria de confecção, que o multiplica em uma tiragem de três, quatro, cinco mil ou mais exemplares que depois vão ser distribuídos para as lojas”.
O mercado para esse profissional, noentanto, é, segundo o professor do curso de design da ESPM, Daniel Trech, super competitivo, já que nos últimos dez anos, uma série de novos cursos foi aberta no Brasil, principalmente na área de design gráfico. Mas como a profissão no país é relativamente nova, tanto que em São Paulo, a maioria das pessoas atuantes com mais de 30 anos, não estudaram design e sim arquitetura ou artes plásticas, ainda hádemanda para ser absorvida, mesmo estando cada vez mais acirrada. “As pessoas estão valorizando mais o produto do trabalho dessa profissão. Há dez anos, se eu falava que era designer, as pessoas faziam uma cara de interrogação e eu tinha que explicar o que fazia. Hoje em dia, isso não acontece mais. Design já é uma palavra totalmente incorporada no vocabulário das pessoas”, explica Trech.
Deforma abrangente, esses profissionais podem atuar em diversos tipos de empresa. Daniel Trech explica que o leque é monstruoso, já que tudo tem design, desde a boneca que as pessoas comprar para as suas filhas, até a xícara para tomar café e o sofá que elas vão sentar. “Somos rodeados de coisas e produtos que foram feitos por alguém, e esse alguém é o designer. Pensando assim, temos um mercado detrabalho monstruoso, desde o industrial e automobilístico, que emprega muita gente no Brasil, até o de varejo, que ainda é pouco explorado e valorizado pelos alunos, mas é um mercado popular em ampla expansão”.
No entanto, para ser um designer é imprescindível que a pessoa seja criativa, afirma Massimo Picchi, diretor geral de ensino da Escola Panamericana. Segundo Picchi, a criatividade é a única...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • trabalho designers
  • O designer de interiores e sua posição no mercado
  • TRABALHO DESIGNER GRAFICO
  • Trabalho designer grafico
  • TRABALHO DE EMP DLU VEIGA DESIGNER
  • Trabalho em mercado
  • Mercado de Trabalho
  • mercado de trabalho

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!