Menos intolerância, menos violência

Páginas: 8 (1998 palavras) Publicado: 16 de outubro de 2014


CLARETIANO – CENTRO UNIVERSITÁRIO
CURSO DE GESTÃO PÚBLICA À DISTÂNCIA DISCIPLINA DE SOCIOLOGIA APLICADA A GESTÃO
PROFESSORA MS.: LUCIANA DE LOURDES DOS SANTOS
ALUNO: ILCIMAR RODRIGUES ZAMPROGNO
RA: 1161453
POLO DE VITÓRIA – 2014/2

Atividade de portfólio

Análise crítica de fatos violentos motivados pelo desrespeito às diferenças.

















MENOSINTOLERÂNCIA, MENOS VIOLÊNCIA.

As últimas semanas têm sido marcadas pela imensa repercussão nos noticiários do “Caso Aranha”, peguemos como base o jornal eletrônico G1: uma torcedora do Grêmio (time rival do goleiro) grita e profere das arquibancadas a palavra “macaco”. A notoriedade deste episódio tem sido tão grande que a gremista teve até que mudar sua moradia, pois tem sido alvo de diversas ameaças,teve a casa incendiada, foi totalmente ridicularizada e bombardeada pela sociedade e pela mídia, além de estar respondendo ao processo criminal. Uma vida de pernas pra o ar devido ao pronunciamento de uma única palavra, com indícios de preconceito racial. (JORNAL ELETRÔNICO G1, 2014).
Voltando um pouco mais no tempo, em 14 de novembro de 2010, tivemos outro destaque nos noticiários, segundo ojornal eletrônico estadão: um jovem universitário acompanhado de dois amigos de faculdade foi agredido na Avenida Paulista quando voltava de uma festa. Cinco agressores, sendo quatro menores de idade e um maior já com 19 anos, desferiram golpes de lâmpada fluorescente, socos e chutes em um dos três jovens enquanto seus dois amigos conseguiam escapar. Ficou constatado na época que a motivação dosataques se deu por intolerância aos homossexuais. O ataque foi iniciado por um dos menores, seguido da agressão do maior e dos demais menores, conta o rapaz agredido e um segurança que foi testemunha e resolveu interferir na ocorrência, dispersando os agressores e cessando a agressão que poderia resultar em morte, segundo a polícia. (JORNAL ELETRÔNICO ESTADÃO, 2010).
Estes dois casos sãoimportantes, do ponto de vista sociológico, devido ao traço de preconceito e intolerância que a mídia, juntamente com a sociedade em geral atribui a ambos. Como bem colocado por Baságlia (2013):
“embora a sociologia se ocupe, primordialmente, das interações sociais e embora ela esteja interessada, sobretudo, na investigação dos fenômenos sociais, também estuda as questões sociais como resultados da vidaem sociedade. Desse modo, a Sociologia aborda questões como: pobreza, minorias, preconceito, discriminação, divórcio, conflitos raciais e religiosos, desemprego, alcoolismo, suicídio, desnutrição, mortalidade infantil, trabalho infantil, homossexualidade, pedofilia, velhice, desabrigados, violência, crimes, fome, saúde pública, analfabetismo etc.” (BASÁGLIA, 2013, P.126).
Expostos os fatos esabendo da relevância do assunto para a sociologia, faremos uma busca por entender a motivação por trás dos atos de violência contra as minorias e em discriminação para com as diferenças.
Basta darmos uma volta pela cidade, parar em algum ponto por uns 15 minutos e observar. Certamente iremos reparar num mar de gente, repleto de diferenças, sejam elas de raça, vestuário, comportamento ou outrasquaisquer, tudo no mesmo contexto. Ocorre que as diferenças não surgiram agora, como bem explica Baságlia (2013): Evidências histórias indicam que as culturas humanas, em todos os tempos e lugares, se organizaram a partir da ideia da distinção, da diferenciação entre grupos sociais. Mesmo naquelas sociedades simples, consideradas homogêneas, existiam diferenças de sexo e idade, o que levaria àatribuição de diferentes funções, parcelas de poder, determinados direitos e deveres. (BASÁGLIA, 2013)
Conforme depreendemos dos estudos de Baságlia (2013): mesmo em uma sociedade organizada, em que há cooperação entre os indivíduos, cada qual trabalhe em uma atividade, todos produzem e ajudam no crescimento e desenvolvimento da sociedade, existem diferenças e divergências de pensamentos e costumes,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Mais ou menos
  • Mais ou menos
  • e mais ou menos
  • mais ou menos
  • Menos Mais
  • Menos é mais
  • Pague Menos
  • Pague menos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!