memorial do convento

Páginas: 8 (1907 palavras) Publicado: 8 de novembro de 2014
Escola Secundária C/ 3º Ciclo D. Manuel I de Beja







Disciplina: Português
Módulo: 12


Ano lectivo:
2011/2012




INTRODUÇÃO

Este trabalho foi solicitado no âmbito da disciplina de Português, pela professora Maria Rosa Rasquinho, com o objectivo de analisar a obra, Memorial do Convento, apresentando o resumo global da mesma, a identificação e caracterização daspersonagens, o espaço físico, social e psicológico e o tempo onde decorre a acção e por fim encerro o trabalho com a linguagem e estilo.


Resumo Global - Memorial do Convento
A obra Memorial do Convento apresenta duas histórias paralelas: remonta a história de Portugal através da construção do Convento de Mafra por D. João V; e paralelamente conta a história de amor entre Baltazar sete-luas eBlimunda sete-sóis envolvidos na construção da Passarola – máquina de voar – idealizada e projectada por Bartolomeu Dias. A primeira história, irónica e crítica, revela episódios da história portuguesa no tempo da construção do Convento de Mafra, um grandioso monumento construído pelo rei D. João V, que persuadido pelo clero, oferece a obra a Deus para que a rainha engravide e lhe dê um herdeiro. Aconstrução do Convento de Mafra envolve o sacrifício da população pobre, fazendo muitas vítimas no carregamento da grande pedra para o pórtico. Saramago satiriza e ridiculariza os hábitos da realeza, desnudando o poder exercido pela elite e pelo clero sobre o povo oprimido. A segunda história, com a qual a primeira se entremeia; é a história de amor, entre Blimunda e Baltazar; ambos pessoashumildes do povo, que se unem ao Pe. Bartolomeu Lourenço em seu sonho de voar, através da construção de uma máquina, a qual chamam de passarola.
Blimunda tem poderes especiais, consegue ver as pessoas por dentro e se torna a responsável por captar as vontades das pessoas moribundas. As vontades são recolhidas e servem de combustível para a passarola, uma espécie de metáfora de liberdade. Bartolomeu,Baltazar e Blimunda conseguem fazer com que a máquina voe, porém, o padre idealizador passa a ser perseguido pela inquisição, e foge para Toledo, onde acaba morrendo tempos depois. Baltazar e Blimunda cuidam da passarola que foi escondida. Baltazar durante a manutenção da máquina acaba voando nela e não mais voltando; Blimunda procura-o por nove anos por todas as partes do país, até que emLisboa, durante um auto de fé, reconhece Baltazar a caminho da fogueira. Quando Baltazar está para morrer, sua vontade de desprende e é finalmente recolhida dentro do peito de sua amada Blimunda.




Personagens
D. João V
D. João V representa o poder real absolutista que condena uma nação a servir a sua religiosidade fanática e a sua vaidade.
Cumpridor dos seus deveres de marido e de rei, D.João V assume apenas o papel gerativo de um filho e de um convento, numa dimensão procriadora, da qual a intimidade e o amor se encontram ausentes.
Amante dos prazeres humanos, a figura real é construída através do olhar crítico do narrador, de forma multifacetada:
É o devoto fanático que submete um país inteiro ao cumprimento de uma promessa pessoal (a construção do convento de modo a garantira sucessão) e que assiste aos autos-de-fé;
É o marido que não evidencia qualquer sentimento amoroso pela rainha, apresentando nesta relação uma faceta quase animalesca, enfatizando pela utilização de vocábulos que remetem para esta ideia (como a forma verbal “emprenhou” e o adjectivo “cobridor”);
É o megalómano que desvia as riquezas nacionais para manter uma corte dominado pelo luxo, pelacorrupção e pelo excesso;
É o rei vaidoso que se equipara o Deus nas suas relações com as religiosas; é o curioso que se interessa pelas invenções do padre Bartolomeu de Gusmão;
É o esteta (alguém que aprecia a beleza e a arte) que convida Domenico Scarlatti a permanecer em Portugal;
É o homem que teme a morte e que antecipa a sua imortalidade, através da sagração do convento no dia do seu...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Memorial do Convento
  • Memorial do Convento
  • Memorial do Convento
  • Memorial do convento
  • Memorial do convento
  • memorial do convento
  • memorial do convento
  • Memorial Do Convento

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!