memorial descritivo

Páginas: 13 (3096 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014
MEMORIAL DESCRITIVO

Meu nome é Ingrid Thayna Barbosa, tenho 21 anos e vou contar um pouco de minha trajetória escolar. Posso dizer que minha infância foi ótima, morava e moro em um prédio que tinha muitas crianças que eram como eu super sapecas, pois tínhamos todo o tempo livre para brincar, aprontar e chorar também. Minha mãe sempre me deixaram livre para aproveitar minha infância: eubrincava com meus amigos, jogava bola, subia nas árvores, comia frutas, tomava banho de chuva, faziamos fogueira para assar batata e brigava muito também, quase sempre brigava com o menino Felipe, mas o que eu adorava era brincar com as Natalias (Natalia Ramos e Natalia Tavares) de escolinha e de cabelereira.
Minha educação indireta com a escrita e com a leitura foi muito boa, pois sempre estiveramem torno de gibi, livros e programas de TV, mesmo que minha mãe tivesse poucos estudos sempre fez com que eu tivesse oportunidades de vivenciar a escrita. Sinto muita saudade e fico bastante emocionada em lembrar-me de coisas maravilhosas que fiz em minha infância. Uma brincadeira que me lembro bastante era a figa de bueiro como sempre morei em predio usava as coisa que tinha no predio pra mediverti, eu e uma turma de crianças ficavam horas pulando de um bureiro para o outro. Pode até parecer que é uma coisa estranha, mas, para mim, tinha muito significado, não tinha ninguém que conseguisse fazer a Balu, que é meu apelido, ficar quieta ou dentro de casa: isso era impossível, eu estava sempre procurando algo para aprontar.
Comecei a estudar com 4 anos no prezinho Municipal chamadoAdoniran Barbosa eu não lembro muito dessa época, mas lembro do tio do portão nós chamavamos ele de tio Necão hoje em dia o encontro na rua ele tem o mesmo jeito parece que para ele o tempo não passou, depois fui para uma escola municipal chamada Wlademir Herzog, uma escola antiga e que diziam que o dono da escola tinha morrido la e fica andando pela escola então tinhamos muito medo de ficar noscorredores. Ingressei com sete anos na 1ª série e fiz ate a 2ª série na mesma escola. Quando chegavamos, todos tinham que fazer fila de menor a maior, e se dividia em duas: meninas de um lado e meninos do outro e so assim iamos para a sala de aula. Eu não gostava muito da escola porque tinha sido separada dos meus amigos do pré, ficava excluida na sala e contava as horas para chegar o recreio, primeiroporque iria ver os meus amigos e também porque a merenda era maravilhosa, a hora do recreio era sempre a melhor parde de estudar la. Depois a hora de ir embora era bem tranquilo, porque quase todos moravam no mesmo prédio ou no prédio ao lado então iamos todos juntos fazendo a maior bagunça na rua. Quando passei para a 3ª série, fui estudar numa escola municipal chamada Anália Franco Bastos pertodo centro de São paulo, porque minha vizinha tinha estudado la e falava que era uma escola maravilhosa que o ensino era muito bom etc, então minha mãe consegui uma vaga para mim e para o meu irmão mais velho achei realmente que o ensino que tive na escola da periferia foi bem fraco, mais significativo para mim. Tive um impacto muito forte ao chegar numa escola que tinha poucos alunos na saladiversos ambiente e três intervalos porque era uma escola de ensino interal, ficavamos na escola das 07 horas ás 17 horas, tinha tantas atividades na escola que a hora passava muito rapido, toda quarta feira quando chegavamos tinha de cantar o hino nacional, na quinta tinhamos aula na biblioteca e todas as quintas tinhamos que contar sobre o livro que lemos durante a semana ou resitar um poema em fimeu sempre pegava livrod que tinha poema assim não tinha que ler muito (risos), la eu aprendi pular elástico, fazer jogos com pregos e moedas, aprendi a fazer tricô e ter mais disciplina, minha vizinha tinha toda razão a escola era maravilhosa pena que la era só até a 4ª série e o meu irmão tinha entrado na 4ª já, então no proximo ano ele iria sair e eu tive que sair também mas guarde otimas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Memorial descritivo
  • Memorial Descritivo
  • MEMORIAL DESCRITIVO
  • Memorial Descritivo
  • MEMORIAL DESCRITIVO
  • Memorial descritivo
  • memorial descritivo
  • memorial descritivo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!