Memorial Descritivo

1759 palavras 8 páginas
Faculdade Municipal de Pal3hoça – FMP Curso de Pedagogia Educação Indígena
Acadêmico: As tribos indígenas se organizam socialmente e culturamente da seguinte forma. Os índios brasileiros se organizam em tribos, sendo que cada índio possui uma função dentro desta organização. Homens são responsáveis pela caça e guerra, mulheres pela comida e agricultura e as crianças brincam e aprendem.
No passado a educação dos povos indígena se dava da seguinte forma. Os pequenos índios, conhecidos como curumins, aprendiam desde pequenos de forma prática. Costumam observar o que os adultos fazem e vão treinando desde cedo. Quando o pai vai caçar, costuma levar o indiozinho junto para que este possa aprender. Portanto a educação indígena é bem pratica e vinculada à realidade da vida. Quando atinge os 13 os 14 anos, o jovem passa por um teste e uma cerimônia para ingressar na vida adulta.
Os povos indígenas brasileiros tem garantido pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN-1996) em seu Capitulo II da Educação Básica, na seção I disposições gerais, Art. 26, parágrafo 4º e na Seção III do Ensino Fundamental, Art. 32, parágrafo 3º, a criação de salas de aula com vistas à educação formal das crianças indígenas em que a “Educação Indígena deverá propiciar às populações, além do acesso aos conhecimentos universais, promover a afirmação das identidades étnicas, a recuperação da memória histórica, interculturalidade e a valorização da língua materna”.
Torna-se urgente o engajamento para o cumprimento das metas garantidas em lei, por parte dos governantes/representantes do povo brasileiro, assim como, dos docentes envolvidos diretamente com a execução das referidas leis e da prática com essas aldeias indígenas.
O Plano Nacional de Educação – PNE em diálogo direto com o Conselho Nacional de Educação e Ministério da Educação também prevê objetivo e metas visando garantir que a educação oferecida e desenvolvida nas aldeias indígenas não interfira na sua

Relacionados