Memórias póstumas de brás cubas

Páginas: 4 (921 palavras) Publicado: 27 de abril de 2013
[pic]

Janeiro em 21 de junho de 1839, Rio, nasce Joaquim Maria Machado de Assis, filho de um operário mestiço de negro e português, Francisco José de Assis, e de D. Maria Leopoldina Machado deAssis, que morre muito cedo, por isso o pequeno menino que se tornaria um autodidata no futuro é criado pela madrasta Maria Inês, também mulata, que se dedica muito ao seu enteado a quem matricula em umaescola pública, a única que frequentará Machado de Assis.
Depois de muitas dificuldades em sua infância e superada a morte de seu pai, aos 16 anos, publica em 12-01-1855 seu primeiro trabalholiterário, o poema "Ela", na revista Marmota Fluminense, de Francisco de Paula Brito. A Livraria Paula Brito acolhia novos talentos da época, tendo publicado o citado poema e feito de Machado de Assis seucolaborador efetivo. Aos 17 anos começa a trabalhar como aprendiz de tipógrafo na Imprensa Nacional, e começa a escrever durante o tempo livre.  Conhece o então diretor do órgão, Manuel Antônio deAlmeida, autor de Memórias de um sargento de milícias, que se torna seu protetor.
Seu primeiro livro foi impresso em 1861, com o título Queda que as mulheres têm para os tolos, onde aparece como tradutor.Seu primeiro livro de poesias cujo titulo é Crisálidas é publicado em 1864, em 12 de novembro de 1869, casa-se com Carolina Augusta Xavier de Novais.
Nessa época, o escritor era um típico homem deletras brasileiro bem sucedido, confortavelmente amparado por um cargo público e por um  casamento feliz que durou 35 anos. D. Carolina, mulher culta, apresenta Machado aos clássicos portugueses e avários autores da língua inglesa.
Sua união foi feliz, mas sem filhos. A morte de sua esposa, em 1904, é uma sentida perda, tendo o marido dedicado à falecida o soneto Carolina, que a celebrizou.
Seuprimeiro romance, Ressurreição, foi publicado em 1872.
Depois de muitos outros acontecimentos em sua vida, como sua primeira peça teatral encenada, vários cargos importantes, publica, em 1881, um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Memórias Póstumas de Brás Cubas
  • Memória Postumas de Brás Cubas
  • Memórias póstumas de brás cubas
  • Memorias postumas de bras cubas
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas
  • Memorias Postumas de Bras Cubas
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!