Memória e formação

Páginas: 5 (1083 palavras) Publicado: 19 de agosto de 2012
FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS
UNIDADE PEDAGÓGICA DE PINHEIROS IAP
DISCIPLINA: TÓPICOS ESPECIAIS EM EDUCAÇÃO I
CURSO: PEDAGOGIA
CIRCUITO: 13



Memórias de formação

PINHEIROS – ES
2012

Andréia Fonseca da Cruz Nascimento
Joseneide Franca de Oliveira
Lucinéia Riquieri
Maria Rosa da Cruz
Marina Fernandes Pessoa
Meirielly Pereira Lima

Memórias de formaçãoTrabalho apresentado ao 5º Período do curso de Licenciatura em Pedagogia da Faculdade de Tecnologia e Ciências- FTC, modalidade EaD, como pré-requisito para obtenção de notas na disciplina Tópicos Especiais em Educação I; Circuito 13.
Tutor: Patrícia Galli Costa



PINHEIROS – ES
2012Memórias de formação

Pode-se dizer que existe semelhança e também diferença entre as nossas posturas como professores e as posturas dos nossos antigos professores, os antigos educadores usavam trabalhar com valores, sentimentos e construir cidadãos que tivesse postura diante da sociedade. Na abordagem Tradicional o ensino era centrado no professor. O aluno aprendia com programas edisciplinas externas, dos quais ele tinha de adquirir conhecimentos impostos mesmo contra sua vontade.

Muitas escolas ainda seguem essa abordagem, no entanto, a nossa LDB é bem clara quanto às mudanças. O conhecimento é considerado uma construção contínua. A educação resume-se em provocar situações de desequilíbrio para o aluno, adequado ao seu desenvolvimento, para que ele aprendaa interagir nessa situação. O objetivo disso é que ele aprenda, por si mesmo, a conquistar a verdade de toda e qualquer situação.

Na atualidade, não é impossível falar em qualidade de ensino, sem falar da formação do professor, pois são questões que estão intimamente ligadas. Antigamente, terminada a graduação, os professores atuavam da mesma maneira até o resto da vida. Amaneira de lecionar era uma só. Passavam-se os conteúdos, o conhecimento que eles tinham adquirido e pronto. Não havia questionamentos por parte dos educandos e nem mesmo uma relação de amizade entre eles.

O professor era o poder. O aluno apenas obedecia. Hoje a realidade é diferente, a formação do professor é permanente, e é integrada no seu dia-a-dia nas escolas. Portanto,deve haver sempre a formação continuada que se dá de maneira reflexiva e busca a melhor maneira para a aplicação do conhecimento e do saber. Estudos têm apontado que existe a necessidade de que o professor seja capaz de refletir sobre sua prática e direcioná-la segundo a realidade em que atua, voltada aos interesses e às necessidades dos alunos, buscando novos caminhos para tornar o aprendizado umdesafio estimulante para cada um. No entanto percebe-se, que no atual, de uma maneira geral que, os professores estão descontentes com sua profissão, e portanto, não vão além do que passar os conteúdos do currículo que lhes foi apresentado.

Observa-se também que a indisciplina impera nas salas de aula, não há respeito do aluno com o professor e este não se preocupa com oaluno. Não se preocupa se ele está adquirindo conhecimentos ou não. Muita coisa mudou, mas muita coisa ainda precisa ser analisada e modificada. Os grandes desafios dos educadores estão em reverter à relação de desencontros, de conflitos e de pré-conceitos estabelecidos entre a escola, os professores e os alunos.

De acordo com Aquino (1996, p. 34), a relação professor-aluno émuito importante, a ponto de estabelecer posicionamentos pessoais em relação à metodologia, à avaliação e aos conteúdos. Percebemos que depois da conclusão desse curso a nossa autonomia irá possibilitar uma analise sobre a prática que iremos atuar como, uma retrospectiva dos erros e acertos de ontem para uma melhor continuidade do nosso trabalho hoje, pois “ser professor” implica também em seus...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Memorias de formação
  • memoria de formação
  • Memorias de Formação
  • MEMÓRIA (AUTO) BIOGRÁFICA COMO PRÁTICA E FORMAÇÃO
  • contribuições da memória na formação da identidade docente
  • ENTREVISTA: MEMÓRIA, PESQUISA AUTOBIOGRÁFICA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES
  • História e memória de antonio coelho rodrigues: sua contribuição para a formação do estado nacional...
  • memoria

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!