Matriz fenomenológica e existencialista.

Páginas: 11 (2689 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
A fenomenologia e a questão epistemológica:

O projeto cartesiano busca um fundamento absoluto e indubitável para o conhecimento. Para Husserl esta busca corresponde à intencionalidade. Descarte alcançou o sujeito pensante, mediante o exercício da dúvida metódica, como sendo a única evidência de que não se pode duvidar. Na opinião de Husserl, porém, Descartes não aprofundou sua investigaçãoepistemológica, retornando muito rapidamente do eu penso ao mundo natural,restabelecendo muito cedo a confiança nos dados empíricos. Para Husserl evidências, às quais a fenomenologia deve se ater e a respeito das quais pode se constituir como ciência rigorosa, serão os atos da consciência intencional, isto é, a consciência de alguma coisa e seus respectivos objetos imanentes. A fenomenologiaestabeleceria relações com todas as ciências, mas com as ciências humanas, estabeleceria relações particulares.

O encontro da fenomenologia com as ciências humanas:

Husserl encerra suas meditações cartesianas apontando na direção de umamudança nas relações entre conhecimento empírico e subjetividade, como as estabelecidas no objetivismo cientificista. Para Husserl o esclarecimento do homem é umapré-condição onde deve-se fundamentar o conhecimento do mundo. A fenomenologia herda a disposição iluminista de abolição dos preconceitos e das crenças mal-fundadas. A fenomenologia é um anti-romantismo e manifesta-se oposta ao historicismo de Hegel e Dilthey defendendo a legitimidade de um conhecimento invulnerável. Esposa com máxima fidelidade a perspectiva cartesiana e kantiana, radicalizando eopondo-se à vertente objetivista doiluminismo, opondo-se ao naturalismo e ao ceticismo psicologista. Da superação dos preconceitos, emerge uma egologia e assim aproxima-se das ciências do espírito articuladas sob inspiração romântica. A separação entre sujeito e objeto é abolida na fenomenologia.Seus objetos são os objetos da consciência para consciência. Seu método é a contemplação imediata, destesobjetos tais como se dão, na experiência espontânea e pré-reflexiva.Segundo Husserl a fenomenologia é capaz de fundar a filosofia do espírito. A única que poderia orientar a psicologia, a sociologia, a antropologia, e a historia, como ciênciascompreensivas. A fenomenologia exerceria, em relação às ciências do sujeito, uma função rectora, fornecendo-lhes os instrumentos conceituais, necessários àprática da compreensão que supere o nível do senso comum e que se possa rigorosamente validar.

As estruturas da consciência transcendental

Todas as ciências compreensivas foram influenciadas pelas descrições fenomenológicas da estrutura geral de consciência. Três conceitos foram de grande importância, são eles: intencionalidade, temporalidade e por fim horizonte de consciência.

Umpsicólogo austríaco chamado F. Brentano refere ao nível de intencionalidade de consciência enquanto ato em oposição a consciência enquanto conteúdo. Para a psicologia mentalista de Wndt, analisar a consciência era identificar o que ela em termos percepções, imagens, vontades, lembranças e etc. O problema encontrado era a via de acesso a esses conteúdos internos, ou seja, aqueles que estavam dentro de cadamente. Tal noção de intencionalidade elimina o problema ao negar a aplicabilidade a consciência da oposição de fora/dentro. A consciente é um ato que visa um objetivo, a consciência é sempre consciência de, e a analise intencional é a descrição das formas de consciência tematizar seus objetivos, ou dito de outra forma, descrição das diferentes formas de relação do sujeito com o mundo. Se ela é amediadora entre o sujeito e o mundo, não se coloca a intenção introspecionista a parir das suas manifestações corporais e comportamentais e também de suas obras de criações espirituais.

Para o autor a temporalidade da consciência refere-se ao fato de que toda consciência é intencional e desde suas manifestações como a percepção uma síntese no tempo. A percepção de cada objeto supõe que a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Matriz Fenomenológica e Existencialista
  • Matriz Fenomenologica e Existencialista
  • HUMANISMO EXISTENCIALISTA
  • Filosofia existencialista
  • Filosofia Existencialista
  • AS TEORIAS EXISTENCIALISTAS
  • Entrevista fenomenologica
  • Filósofos Existencialistas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!