Matrimonio - Compilação de Definições

639 palavras 3 páginas
MATRIMONIO - DEFINIÇÕES

A palavra matrimônio, ainda que seja compreendida como sinônimo de casamento é referente exclusivamente à união entre um homem e uma mulher, uma vez que deriva de mater, matris (mãe) no latim clássico.
As pessoas casam-se por várias razões, mas normalmente fazem-no para dar visibilidade à sua relação afetiva, para buscar estabilidade econômica e social, para formar família, procriar e educar seus filhos, legitimar o relacionamento sexual ou para obter direitos como nacionalidade.
A palavra casamento é derivada de "casa", enquanto que matrimonio tem origem no radical mater ("mãe") seguindo o mesmo modelo lexical de "patrimônio".2 Também pode ser do latim medieval casamentu: Ato solene de união entre duas pessoas, capazes e habilitadas, com legitimação religiosa e/ou civil.
O Matrimônio foi instituído por Deus quando criou o homem e a mulher. Para os cristãos, Jesus Cristo o elevou à dignidade de sacramento; um sacramento que dá aos esposos uma graça especial para serem fiéis um ao outro e santificar-se na vida matrimonial e familiar, já que o matrimônio cristão é uma autêntica vocação sobrenatural.
O matrimônio religioso é estabelecido com o consentimento livre de cada um dos dois contraentes manifestado ao representante da igreja.
O Matrimônio por sua natureza está ordenado à geração e à educação dos filhos, ao amor e ajuda entre os esposos e a sua santificação pessoal.
O que é o Matrimônio?
O Matrimônio é o sacramento que santifica a união indissolúvel entre um homem e uma mulher cristão, e concede-lhe a graça para cumprir fielmente seus deveres de esposos de pais.
Quais são as propriedades essenciais do Matrimônio?
As propriedades essenciais do Matrimônio são: unidade, indissolubilidade e abertura à fecundidade.
Que pecado comete o cristão que, vivendo seu consorte, une-se a outra pessoa?
Comete o grave pecado de adultério.
Cometem pecado os convivientes e os unidos apenas no matrimônio civil?
Os convivientes e os unidos

Relacionados

  • lei das doze Tabuas
    1095 palavras | 5 páginas
  • Direito romano
    1560 palavras | 7 páginas
  • Teoria geral do estado
    4602 palavras | 19 páginas
  • Codificação de justiniano e outras codificações
    3738 palavras | 15 páginas
  • historia do direitos humanos
    2222 palavras | 9 páginas
  • Direito Romano
    4476 palavras | 18 páginas
  • O Novo Código Civil Brasileiro
    4708 palavras | 19 páginas
  • docs
    1742 palavras | 7 páginas
  • direito canonico
    9629 palavras | 39 páginas
  • Direito romano
    11575 palavras | 47 páginas