Marx

Páginas: 5 (1009 palavras) Publicado: 1 de maio de 2014
Introdução

Estudar sociologia é uma forma de entender as relações entre os seres humanos e as razões que os levam aos conflitos dentro da sociedade e esta disciplina marca uma mudança na maneira de se pensar a realidade social.





















Capitulo 1

Sociólogo e político brasileiro nascido na cidade de São Paulo, (SP), considerado o fundador da sociologiacrítica no Brasil. Iniciou sua formação primária no Grupo Escolar Maria José, em Bela Vista, São Paulo (1926), fez o Tiro de Guerra (1936) e o Curso Madureza no Ginásio Riachuelo em São João da Boa Vista, São Paulo (1938-1940 e licenciou-se na Faculdade de Filosofia Ciências e Letras na Universidade de São Paulo-USP (1943), ano em que escreveu seu primeiro artigo para o jornal O Estado de SãoPaulo, intitulado O Negro na Tradição Oral). Casou-se com Myriam Rodrigues Fernandes, com quem teve seis filhos (1944) e tornou-se assistente do Professor Fernando de Azevedo na cadeira de Sociologia II (1944). 



Capitulo 2

Por toda a sua obra, Florestan Fernandes é considerado o fundador da Sociologia Crítica no Brasil. Em suas produções, preocupa-se com reflexões e pensamentos que questionama realidade social e coletiva de diversos temas como: a problemática indígena, a escravatura, a abolição, a educação e a sociedade, o folclore e a cultura, a Revolução Burguesa e a Revolução Socialista.



Capitulo 3
Filho de uma migrante portuguesa que trabalhava como empregada doméstica na cidade de São Paulo, o “menino de rua” tornou-se o criador da sociologia crítica e militante, sendoreconhecido mundialmente pela sua contribuição científica e militância política. Os trabalhos que realizou na infância foram determinantes para sua formação humana. À discriminação da aristocracia acadêmica respondeu com o rigor nos estudos. Mestre em Antropologia e Doutor em Sociologia, Florestan Fernandes incorporou o marxismo no trabalho e a sociologia moderna conquistou, por seu intermédio,mais um instrumental teórico fundamental para a interpretação do desenvolvimento do capitalismo no Brasil. Nasceu com ele a "sociologia crítica e militante" e "uma nova interpretação do Brasil”, sendo reconhecido mundialmente por sua contribuição científica. . No Parlamento, foi implacável na defesa do ensino público e de qualidade para todos. Na vida, foi um socialista convicto e se manteve fiel àsua classe de origem.
Um texto que resgata sua história de vida e os aspectos principais de sua contribuição teórica.


Capitulo 4
Filho de uma migrante portuguesa que trabalhava como empregada doméstica na cidade de São Paulo, o “menino de rua” tornou-se o criador da sociologia crítica e militante, sendo reconhecido mundialmente pela sua contribuição científica e militância política. Ostrabalhos que realizou na infância foram determinantes para sua formação humana. À discriminação da aristocracia acadêmica respondeu com o rigor nos estudos. Mestre em Antropologia e Doutor em Sociologia, Florestan Fernandes incorporou o marxismo no trabalho e a sociologia moderna conquistou, por seu intermédio, mais um instrumental teórico fundamental para a interpretação do desenvolvimento docapitalismo no Brasil. Nasceu com ele a "sociologia crítica e militante" e "uma nova interpretação do Brasil”, sendo reconhecido mundialmente por sua contribuição científica. . No Parlamento, foi implacável na defesa do ensino público e de qualidade para todos. Na vida, foi um socialista convicto e se manteve fiel à sua classe de origem.
Um texto que resgata sua história de vida e os aspectos principaisde sua contribuição teórica.




Capitulo 5
Florestan começou a escrever no final dos anos 40, e ao longo de sua vida, publicou mais de 50 livros e centenas de artigos. Suas principais obras foram:
Organização social dos Tupinambás (1949);
A função social da guerra na sociedade Tupinambá (1952);
A etnologia e a sociologia no Brasil (1958) (resenhas e questionamentos sobre a produção...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Marx
  • marx
  • marx
  • MARX
  • Marx
  • Marx
  • Marx
  • Marx

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!