Maria

Páginas: 6 (1459 palavras) Publicado: 12 de maio de 2013
CENTRO UNIVERSITÁRIO DO LESTE DE MINAS GERAIS
ARTIGO JURIDICO
CURSO DE DIREITO










DISCRIMINIZAÇÃO DA MACONHA
















Coronel Fabriciano - MG
20131- Introdução
A legalidade da cannabis ou maconha é um tema muito polêmico nos dias atuais. Considerada como uma “droga ilícita” há contra e prós sobre a mesma. Mesmo não comprovada sua dependência química, não há pena de prisão para quem "para seu consumo pessoal,semeia cultiva ou colhe plantas destinadas à preparação de pequena quantidade de substância” (Wikipédia). A sociedade de fato tem pré-conceito sobre a maconha sem mesmo saber os aspectos positivos e negativos, é um fato polemico entre meio social e jurídico.
Falar sobre esse tema é delicado, pois, é preciso sabedoria e aprofundar no tema sem parecer apologia a mesma, mas é preciso que a sociedadepreconceituosa e passe a ver as drogas como uma questão de saúde pública, que deve ser estudado, prevenido e combatido, e não como uma questão puramente social, onde quem usa droga, seja quem for, é marginal, delinquente e perigoso, quando na verdade, em sua maioria, são pessoas doentes e viciadas, como um alcoólatra ou fumante que, da mesma forma, não conseguem largar o vício, e que precisa muitomais de atenção e políticas públicas de saúde do que da descriminação e exclusão social.

2- HISTÓRIA DA MACONHA
Maconha, a droga mais polêmica do mundo possuiu seu primeiro registro em 27.000 a.C. A planta tem origem no Afeganistão e era também utilizada na Índia em rituais religiosos ou como medicamento. Na mitologia, a Cannabis era a comida preferida do deus Shiva,portanto,tomar bhang, umabebida que contém maconha, seria uma forma de se aproximar da divindade. Na tradição Mahayana do budismo, fala-se que antes de Buda alcançar a iluminação, ficou seis dias comendo apenas uma semente de maconha por dia e nada mais. Como medicamento a planta era usada para curar prisão de ventre, cólicas menstruais, malária, reumatismos e até dores de ouvido. 
O cultivo da maconha se expandiu da Índiapara a Mesopotâmia, depois Oriente Médio, Ásia, Europa e África. Na renascença a maconha tornou-se um dos principais produtos agrícolas europeus, sendo pouco usada como entorpecente. A maconha foi trazida para a América do Sul pelos colonizadores e as primeiras plantações foram feitas no Chile, por espanhóis. Em 1783, o Império Lusitano instalou no Brasil a Real Feitoria do Linho-cânham, umaimportante iniciativa oficial de cultivo de cannabis com fins comerciais por causa da demanda de produtos a base de fibras. Segundo historiadores e pesquisadores estudiosos da área, há inúmeros indícios de que Portugal investiu alto na plantação de maconha no Brasil. Para que isso ocorresse, a Coroa financiou não só a introdução, mas também a adaptação climática da espécie em Hortos de estados como oPará, Amazônia, Maranhão, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Bahia. 

3- VERDADES E MENTIRAS SOBRE A MACONHA

É a droga ilícita mais consumida no mundo, que foi utilizada por diversas gerações e povos, e permanece dominando o mercado internacional de drogas ilícita em termos de difusão dos cultivos, volume de produção e número de consumidores, segundo apontou o Relatório Mundial sobre Drogas.Segundo esse relatório, no ano de 2006, aproximadamente 166 milhões de pessoas consumiram maconha em todo o mundo, o que representa 3,9% da população global entre 15 e 64 anos, tendo sido reportado cultivos de maconha em pelo menos 172 países e territórios. Isso dá uma idéia de quanto a droga é difundida.
As pesquisas demonstram que em todo o mundo diversos cientistas têm concentrado esforços...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Maria
  • maria
  • Maria.
  • Maria
  • Maria
  • maria
  • Maria
  • Maria

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!