Marcas de uma ferrovia- a estrada de ferro oeste de minas

Páginas: 2 (255 palavras) Publicado: 18 de fevereiro de 2013
De acordo com Bruno Nascimento Campos, “o trabalho buscou traçar um panorama geral das marcas deixadas pela ferrovia na cidade de São João del-Rei”. Aintenção foi acompanhar a implantação e a expansão da E.F.O.M. ao contexto da cidade. Com o surgimento da ferrovia e seu impacto já na Revolução Industrial, provocavagrandes expectativas e é claro, diminuição dos elevados custos. Em São João del-Rei não poderia ser diferente, a ferrovia possibilitou maior velocidade decomunicação e informação, assim, as notícias transcorreriam-se com maior facilidade. A ferrovia deixou suas marcas na política local. “Aureliano Mourão e outrosnomes ligados à ferrovia e ao meio político na época, como Leite de Castro, Antônio Rocha, Hermílio Alves, até hoje, fazem parte do cotidiano são-joanense comseus nomes em ruas e avenidas da cidade”. Após a ferrovia vieram instalações industriais como as fábricas têxteis, graças a facilidade de escoamento propiciadopela estrada de ferro, trouxe também, crescimento econômico devido a expansão do perímetro urbano da cidade, que passa a se concentrar no entorno da via férrea eoutros melhoramentos gerais nos serviços urbanos da cidade, como na distribuição de água, captação de esgotos, eletricidade, etc. O transporte ferroviárioportanto, foi a maior e mais significativa inovação tecnológica do século XIX, “a ferrovia tornou não só o transporte de carga menos oneroso e infinitamente maisrápido”, a mesma por sua vez, encurtou distâncias e aumentou o conforto para os viajantes, que até então dispunham de carros puxados por cavalos ou mulas.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • estrada de ferro
  • A Oeste das Minas
  • ESTRADAS DE FERRO
  • Estradas de Ferro
  • Estrada de ferro
  • DEFEITO NOS PAVIMENTOS
  • Estrada De Ferro Araraquara
  • Estrada de Ferro de Carajás

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!