manual de técnicas parasitologicas

Páginas: 25 (6146 palavras) Publicado: 5 de novembro de 2013
 MANUAL DE TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO PARASITOLÓGICO

Disciplina Parasitologia clínica laboratorial


EXAME PARASITOLÓGICO DO SANGUE


Hemoscopia


Obtenção do sangue

A- Da micro-circulação superficial.

Finalidade: Preparação de esfregaços em lâminas ou outros processos que usem pequenas quantidades de sangue.

Material: Lanceta
Algodão ou gazeÁlcool 70% iodado

Local da punção: Ponta do dedo anelar esquerdo ou lóbulo da orelha. Em crianças pequenas, punciona-se a polpa do grande artelho.

Técnica de punção: Limpar, massageando o local com álcool iodado, deixando secar espontaneamente.
Puncionar firmemente com a agulha ou lanceta. Repetir a operação caso não atinja a profundidade desejada (2 a 3 mm).Desprezar a primeira gota de sangue, aproveitando as seguintes para fazer o esfregaço.




B- Do sangue venoso.

Finalidade: Colhem-se, quando for necessário usar, volumes da ordem de mililitros.

Material: Seringa descartável com dimensão adequada à quantidade de sangue a ser colhido.
Agulha com calibre e comprimentos adequados.Tubo estéril (com anticoagulante: citrato, heparina ou EDTA).
Algodão ou gaze.
Álcool iodado a 70%.

Para a pesquisa de tripanossomos e de microfilárias o exame a fresco é realizado em uma gota de sangue colocada em lâmina e coberta com lamínula. Pode-se utilizar, também, a técnica do microhematócrito quando a parasitemia é baixa.




Técnica doMicrohematócrito

Esta técnica, descrita por Woo para o diagnóstico das formas sangüíneas de Trypanosoma spp, consiste na centrifugação do sangue com anticoagulante durante três minutos, em tubos capilares. Os parasitas do sangue (tripanossomas e microfilárias) podem ser visualizados, quando presentes, na região acima da camada leucocitária, em microscópio óptico.
Nestes exames podem-se observaros movimentos dos flagelados ou das microfilárias. Porém, para observação da morfologia dos parasitas faz-se necessária preparação de lâminas fixadas e coradas.
Para isso quebra-se a parte superior do capilar e, com auxílio de uma seringa de insulina aspira-se o conteúdo (constituído de plasma e parasitas) que fica logo acima do creme leucocitário. Com o conteúdo aspirado faz-se esfregaço emlâmina de vidro que deve ser fixado e corado com Giemsa.





Esfregaços de sangue e coloração de parasitas do sangue.

O esfregaço de sangue pode ser realizado de duas maneiras: esfregaço em camada delgada ou gota espessa.
No esfregaço de camada delgada a distorção do parasita é mínima (vantagem), mas há a desvantagem de ter que examinar muitos campos para se encontrar parasitas, quandoestes estão em pequeno número.
Na gota espessa apesar da distorção das formas parasitárias ser maior, a probabilidade de detecção de parasitas aumenta porque a quantidade de sangue a ser examinada é cerca de três ou quatro vezes maior do que o esfregaço e a área examinada (1cm2) menor. Esfregaços de sangue ou gota espessa, com sangue capilar, devem ser feitos com gota de fluxo espontâneo e nãocontaminado com álcool.
Estas técnicas são utilizadas para a pesquisa e o diagnóstico dos parasitas da malária, tripanossomos, microfilárias, babésias, tripanossomas e Leishmania chagasi.


CORANTES

Os derivados do Romanowsky são os mais utilizados; Destes os mais comuns são o Giemsa e o Leishman.

Giemsa (solução estoque)

Azur II eosina 0,30g
Azur II 0,08g
Glicerina P.A.12,50 ml
Álcool metílico P.A. 37,50 ml

Esta solução pode ser preparada em laboratório ou comprada pronta.
Ao usá-la, esta deve ser diluída em água da seguinte forma: três gotas de corante-estoque para cada 02 ml água.




Leishman


O corante de Leishman é uma mistura de azul de metileno e eosina, pode ser adquirido no comércio e é um pó.

Azul de metileno e eosina (pó) 0,15g...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Manual de técnicas de projetos
  • Manual de técnica dietética
  • Manual de responsabilidade técnica
  • Manual de normas tecnicas
  • Manual técnicas de venda
  • Manual de técnicas de enfermagem
  • manual de orientação técnica para abrigo
  • Manual fórmulas técnicas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!