Manipuladores de alimento

1249 palavras 5 páginas
Introdução

Embora os medicamentos sejam formulados, indiscutivelmente sob critérios de proteção e segurança, convive-se com o risco associado ao seu uso. Motivos diversos expõem as pessoas a efeitos indesejados. A utilização de medicamentos em situações não indicadas ou em circunstâncias que desrespeitem os critérios de uso racional pode provocar danos. É comum haver consequências como intoxicação. Ainda que sejam respeitados os critérios de segurança, pode-se deparar com uma RAM (reação adversa ao medicamento), definida como “reação nociva e não-intencional (...), que ocorre em doses normalmente usadas no homem para profilaxia, diagnóstico, terapia da doença ou para a modificação de funções fisiológicas”. Para prevenir ou reduzir os efeitos nocivos manifestados pelo paciente e melhorar as ações de saúde pública, é fundamental dispor de um sistema de farmacovigilância. Conforme define a OMS (Organização Mundial de Saúde), farmacovigilância é a “ciência relativa à identificação, avaliação, compreensão e prevenção dos efeitos adversos ou quaisquer problemas relacionados a medicamentos”.

Reações Adversas a Medicamentos

As reações adversas a medicamentos constituem um problema importante na prática do profissional da área da saúde. Sabe-se que essas reações são causas significativas de hospitalização, de aumento do tempo de permanência hospitalar e, até mesmo, de óbito. Além disso, elas afetam negativamente a qualidade de vida do paciente, influenciam na perda de confiança do paciente para com o médico, aumentam custos, podendo também atrasar os tratamentos, uma vez que podem assemelhar-se à enfermidades. A Organização Mundial de Saúde (OMS) tem definido reação adversa a medicamentos (RAM), como: "qualquer efeito prejudicial ou indesejável, não intencional, que aparece após a administração de um medicamento em doses normalmente utilizadas no homem para a profilaxia, o diagnóstico e o tratamento de uma enfermidade".
Classificação da RAMs:

Relacionados

  • Treinamento de manipuladores de alimentos
    2648 palavras | 11 páginas
  • palestra para manipuladores de alimentos
    383 palavras | 2 páginas
  • treinamento para manipuladores de alimentos
    2485 palavras | 10 páginas
  • cartilha de manipulador de alimentos
    803 palavras | 4 páginas
  • Cartilha Manipuladores De Alimentos
    2977 palavras | 12 páginas
  • TREINAMENTOS PARA MANIPULADORES DE ALIMENTOS
    674 palavras | 3 páginas
  • Onicomicoses em maos de manipuladores de alimentos
    4563 palavras | 19 páginas
  • condições higiênicas do manipulador de alimentos
    12268 palavras | 50 páginas
  • Higiene e Saúde de Manipuladores de Alimentos
    648 palavras | 3 páginas
  • Staphylococcus Aureus: portadores entre manipuladores de alimentos
    2415 palavras | 10 páginas