Malaria giardiase e doença de chagas

Páginas: 21 (5232 palavras) Publicado: 22 de setembro de 2011
Malária
É uma doença infecciosa aguda ou crônica causada por protozoários parasitas do gênero Plasmodium, transmitidos pela picada do mosquito do gênero Anopheles fêmea é uma doença parasitaria, como seu habitat é em locais tropicais, normalmente as ocorrências ocorrem em locais como zonas rurais onde tem muitas plantações e temperaturas altas, propiciando a procriação do inseto. Por isso emcidades que se encontram em altitude acima de 1500 metros, as chances de transmissão são pequenas. Os sintomas comuns da malária são dores de cabeça, fadiga, náuseas e febres que duram dias. Depois o doente se sente normal, mas volta os sintomas mais fortes, normalmente ataca quando chega ao cair da tarde quando a temperatura corporal aumenta chegando a 41ºC.Fisicamente a pele fica em vermelhidão,com suores abundantes. Em casos mais graves além dos sintomas comuns, o paciente possui choque circulatório, desmaios, delírios, convulções e em casos gravíssimos causando até a morte. Infelizmente ainda não existem vacinas eficazes contra a malária, mas 11 centros de estudos da Africa já esta em etapas finais para que os resultados sejam colhidas para ser criada a vacina .Um dos jeitos fáceis deprevenir é colocar telas em janelas e utilizar repelentes. O mosquito transmissor da malária gosta de se alimentar em pernas, braços e pescoço do ser humano, onde o fluxo sanguíneo é mais alto. Agora no rosto e nas mãos, não há tanto perigo.

Ciclo Biológico
A picada em um animal ou o homem os mosquitos, de um modo geral, injetam uma pequena quantidade de saliva que serve basicamente como umanticoagulante. É nesta saliva que, caso o mosquito esteja infectado, podem se encontrar os esporozoítas. Após a inoculação das formas infectantes, pela picada de um mosquito contaminado, passa-se um breve período de cerca de 30 minutos em que os esporozoitas circulam livres pelo sangue. Neste curto período alguns deles são fagocitados, porém, vários deles podem alcançar o fígado e, no interior dascélulas hepáticas, os plasmódios passam por uma primeira divisão assexuada. Decorridos alguns dias, tendo sido produzidos alguns milhares de novos parasitas, a célula do fígado se rompe e os plasmódios têm acesso ao sangue onde invadem os glóbulos vermelhos. Novamente, se multiplicam de forma assexuada, em ciclos variáveis (de 24 a 72 horas), cada parasita produzindo de 8 a 32 novos exemplares, emmédia e de acordo com a espécie envolvida. Depois de alguns ciclos (3 ou 4) surgem os sintomas da doença. Este intervalo que vai desde a picada infectante até o início dos sintomas é chamado Período de Incubação e dura em média 15 dias.

Patologia
Assim a patologia da malária está dominada por quatro fatos fundamentais, todos eles conseqüência da evolução do parasita dentro das hemácias: Aruptura do glóbulo vermelho parasitado e a consecutiva deposição, na circulação de novos parasitas jovens, pigmento malárico, hemoglobina, estroma globular e toxinas de natureza indeterminada.
Outros acidentes intravasculares, como a hemólise de glóbulos não parasitados, diminuição da velocidade circulatória, anomalias na coagulação com trombose capilar e micropoliembolias parasitárias. A hiperplasiados tecidos de defesa encarregados da destruição dos parasitas e da metabolização de seus resíduos (baço, fígado, medula óssea e células fixas e móveis do sistema retículo-endotelial) déficit hemoglobínico e a fixação e metabolização de 3 pigmentos, um específico (malárico) e dois derivados da hemoglobina (hemossiderina – ocre), cuja combinação confere a clássica tintura amarelo-terrosa de “máscarapalúdica”.

Profilaxia
A profilaxia da malária deve ser estudada caso a caso, levando em consideração um série de fatores, como o grau de transmissão na área, o grau de resistência dos parasitos em se tratando de malária por P.falciparum, o periodo de permanência dos interessados na área malarígena, a viabilidade de uso de um determinado método. De qualquer modo, os métodos coletivos são...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Malária e Doença de Chagas
  • Malária e Doença de Chagas
  • Exercicio sobre málaria e doença de chagas
  • Pesquisa sobre doença de chagas e malaria
  • Mal de chagas, giardíase, malária , doença do sono tricomoníase, toxoplasmose, leishmaniose tegumentar,...
  • Parasitológico de doença de chagas, leismaniose, toxoplasmose e malária
  • Malaria e giardiase
  • Malária e chagas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!