Malaria Em Parelheiros

Páginas: 2 (494 palavras) Publicado: 25 de junho de 2015
ESTUDO DA FAUNA DE
ANOFELINOS NA REGIÃO
DE PARELHEIROS

Duarte, A. M. R. C. e colaboradores
¹Prefeitura de São Paulo – PMSP
Secretaria Municipal da Saúde – SMS
Coordenação de Vigilância em Saúde –COVISA
Gerência Centro de Controle de Zoonoses – GCCZ
²Instituto de Medicina Tropical da USP

Email: rosanecoliveira@prefeitura.sp.gov.br

INTRODUÇÃO

RESULTADOS

A malária autóctone que ocorre na MataAtlântica
envolve casos humanos oligossintomáticos, com
parasitemias sub-patentes, presença de símios com
plasmódios semelhantes ao Plasmodium vivax e P.
malariae e a presença do Anopheles (Kerteszia)cruzii,
até o momento, única espécie incriminada como vetora.

Os
subgêneros
identificados
foram:
Anopheles,
Kerteszia, Lophopodomyia e Nyssorhynchus. A espécie
dominante nos dois ambientes foi An.(Ker.) cruzii. O
total de anofelinos identificados nos ambientes
antrópico
e
silvestre
foi
de
319
e
5.097,
respectivamente. No habitat antrópico concentraram-se
An. (Nys.) triannulatus e An. (Nys.)strodei (tabela 1).
No ambiente silvestre An. (Ker.) bellator foi encontrada
em simpatria com a espécie dominante; além das
espécies:
An.
(Nys.)
strodei,
An.
(Ano.)
maculipes/pseudomaculipes
e
An.(Lph.)
pseudotibiamaculatus (tabela 2).

Sabendo das lacunas existentes na compreensão desta
forma epidemiológica de malária, é de suma importância
o aprofundamento dos estudos para verificação da
possívelatuação de outras espécies de anofelinos na
transmissão da doença.

OBJETIVO
Estudar a fauna de anofelinos presentes em área de
transmissão autóctone de malária na Mata Atlântica
Paulista, no DistritoAdministrativo de Parelheiros, com
ênfase ao levantamento de aspectos relacionados à
ecologia das espécies encontradas e suas relações com
fatores ambientais, a fim de melhor compreender a
dinâmicade transmissão da doença na área de estudo.

METODOLOGIA

Espécie
An.(Ker.) cruzii
An. (Nys.) strodei
An. (Nys.) triannulatus
Total

CDC Shannon Aspirador Total
40
244
0
284
0
28
0
28
0
7
0
7
40
279...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Parelheiros
  • Parelheiros
  • Parelheiros
  • Parelheiros
  • Malaria
  • Malaria
  • malária
  • Malaria

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!