logistica empresarial

Páginas: 7 (1627 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014





UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
Centro de Educação a Distância – CEAD
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA



ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - ATPS
DISCIPLINA – LOGÍSITCA EMPRESARIAL
2ª Série






Marco Antonio Zeoti Sanabio RA: 7532606764
Cesar Leandro Jacinto Galdino RA: 8153756238
Vandeberg Andrade Quirino RA: 7529600969
Rogério Silva RA: 6951495291Danilo José dos Santos RA: 7980713076


Tutor Ead Presencial – Josué Durães
Ribeirão Preto
2014

Sumário


INTRODUÇÃO
O presente trabalho tem por objetivo apresentar um plano de melhoria para uma indústria farmacêutica, pois a mesma se encontra em um momento de déficit na sua cadeia de produção (logística), acarretando um não crescimento da organização e prejuízos diversos também paraseus parceiros.



















A EMPRESA
Efetuamos a pesquisa na indústria farmacêutica Ouro Fino Agronegócio (localizada no distrito industrial na cidade de Cravinhos no Km 298 da rodovia Anhanguera SP330), que tem por sua vez a visão de ser a mais completa empresa Brasileira de insumos para agronegócio, com o compromisso na qualidade de vida da humanidade e com o meioambiente e oferecer ao mercado as melhores soluções agropecuárias em qualidade e valor.
GARGALOS
Exemplo do gargalo de uma garrafa.
Segundo o professor Carlos Alberto Maroueli, os "gargalos" são todos os pontos dentro de um sistema industrial que limitam a capacidade final de produção. E por capacidade final de produção devemos entender a quantidade de produtos disponibilizados ao consumidorfinal em um determinado intervalo de tempo.
Para exemplificar, imaginemos uma indústria cujo setor de manufatura tenha capacidade para produzir mil unidades por hora de um determinado produto. Se o setor de embalagem dessa mesma indústria for capaz de embalar apenas oitocentas unidades por hora, teremos aí um gargalo, uma vez que a linha de produção não poderá trabalhar com sua capacidade total,pois o setor seguinte não é capaz de embalar todas as peças ou então, caso a produção das mil unidades seja mantida, será necessário estocar produtos não embalados, o que significará custos para a empresa.
Da mesma forma, se o setor de embalagens fosse dimensionado para embalar duas mil unidades, mas a manufatura só tivesse capacidade para mil, teríamos aí outro gargalo, desta vez no setoranterior. Isso resultaria em ociosidade no setor seguinte, o que significa capital sub-utilizado e, consequentemente, aumento da parcela dos custos fixos diluída em cada produto.
Há ainda outro tipo de gargalo que nem sempre é identificado. Trata-se do gargalo no atendimento ao cliente. Este é o mais grave, pois está localizado na saída do sistema, justamente nas vendas.
Já vimos que um gargalosignifica a geração de ociosidade de uma ou mais partes de um sistema, o que adiciona a cada unidade dos produtos maior parcela dos custos fixos.
O maior nível de ociosidade ocorre quando o gargalo se localiza próximo ao input, ou seja, no início da produção, pois todas as fases seguintes do sistema ficam comprometidas. Por outro lado a ociosidade do sistema pode não ser o mais grave.
Na verdade, quantomais próximo ao output (saída), mais prejudicial ela será. Isto porque, avançando dentro do sistema produtivo, teremos também a agregação dos custos variáveis, ou seja, aqueles que só existem com a produção. Neste caso, o bem foi produzido, houve gasto de matéria prima, adição de mão-de-obra e outros recursos, mas, devido ao gargalo na saída, não houve geração de receita com a venda.
Algunsautores não consideram o setor de vendas como integrante da produção e tão pouco classificam as falhas neste setor como gargalos.
O fato, porém, é que, se houver alguma restrição à saída dos produtos, consequentemente não haverá entrada de receita. Assim, de nada adiantará haver produção se não houver suficiente fluxo de saída desta. E isso é sim um gargalo.
Por outro lado, de nada adiantará uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Logistica empresarial
  • Logistica empresarial
  • logistica empresarial
  • LOGISTICA EMPRESARIAL
  • Logística Empresarial
  • logistica empresarial
  • Logística empresarial
  • Logistica empresarial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!