lkkljkxljcs

Páginas: 11 (2504 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
1 INTRODUÇÃO 3
2 GESTÃO INDUSTRIAL 4
2.1 DIFERENÇAS NA APURAÇÃO DOS CUSTOS DAS VENDAS 4
2.2 MÉTODOS DE CUSTEIO 4
2.2.1 Custeio Variável 5
2.2.2 Custeio por Absorção 5
2.3 PREÇO DE VENDA E A GERAÇÃO DE LUCRO 6
2.4 UNIDADES EQUIVALENTES DE PRODUÇÃO 6
2.5 CUSTEIO ABC: POSSIBILIDADES DE UTILIZAÇÃO PARA FINS FISCAIS 7
2.6 PONTO DE EQUILÍBRIO 7
2.7 A IMPORTÂNCIA DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃOINTEGRADO NA EMPRESA 8
2.8 A APLICABILIDADE DA CONTABILIDADE GERENCIAL DENTRO DA ORGANIZAÇÃO EMPRESARIAL 9
3 CONSIDERAÇÕES FINAIS 10
REFERÊNCIAS 11


1 INTRODUÇÃO
A indústria Pelicano Ltda que industrializa cuecas e calcinhas contratou a empresa de consultoria Breaking Bad a fim de auxiliá-los na análise da formação do preço de custo de produção e preço de venda do produto “cuecas” quecorresponde à maior parte do faturamento da empresa.

Tendo em vista que a indústria passa por dificuldades em termos de gestão empresarial serão dados alguns esclarecimentos ao Sr. Jonas Caetano – sócio administrador e aos demais dirigentes a respeito de gestão industrial através de informações conceituais e teóricas.





2. GESTÃO INDUSTRIAL
A gestão industrial diz respeito principalmenteà contabilidade de custos tendo em vista que a atividade básica de uma indústria é a transformação das matérias primas com aplicação de mão de obra juntamente com o uso de máquinas e equipamentos onde em cada uma dessas atividades são gerados os custos que deverão compor o preço do produto.

A Gestão Industrial, cada vez mais se pauta pelo uso de metodologias, ferramentas e procedimentosadequados e eficazes, objetivando a busca contínua de melhor qualidade, maior produtividade e menores custos, gerando mais lucro para a empresa e/ou aumentando sua competitividade.
2.1 DIFERENÇAS NA APURAÇÃO DOS CUSTOS DAS VENDAS
Convém explicar o que são custos. Para Martins (2003, p.25) o custo representa um gasto relativo a um bem ou serviço utilizado na produção de outros bens ou serviços. É umdispêndio (em tempo, dinheiro, esforço, etc ).

Para apuração desses custos é utilizada a contabilidade de custos tanto para formação de estoques como para determinação dos lucros auxiliando no controle e na tomada de decisões.

Nas Indústrias: Nas indústrias segundo Costa ( 2009, p.27 ) os custos correspondem aos gastos relativos à fabricação dos produtos. Como os custos em uma indústriaenvolvem diversas variáveis a definição correta desses custos depende de um eficiente controle.
No Comércio Varejista: No comércio varejista a atribuição do custo das mercadorias vendidas – CMV é bem mais fácil de ser obtido e é baseado principalmente no seu custo de aquisição levando-se em consideração o método usado na apuração dos estoques que normalmente é o PEPS – Primeiro que entra Primeiroque Sai ou o Custo Médio Ponderado.

2.2 MÉTODOS DE CUSTEIO
Os métodos de custeio determinam os valores que compõem os custos. Podem ser classificados como tradicionais e contemporâneos. Os tradicionais se aplicam principalmente onde os custos diretos sejam predominantes e são baseados principalmente no volume de produção.

De uma forma simplificada podemos dizer que o custo é incluído novalor do produto enquanto que as despesas vão para o resultado.
Tanto o Custeio por Absorção quanto o Variável são Modelos de Apuração do Resultado.

A diferença entre ambos está na forma de consideração dos custos fixos no resultado.


2.2.1 Custeio Variável
Também chamado de Custeio Direto do tipo tradicional leva em consideração apenas os custos variáveis que integram o produto. Essesistema faz com que as despesas da empresa aumentem diminuindo o lucro.

Por este método de custeio os Custos Fixos do período são integralmente lançados ao resultado como gasto do período, não compondo o saldo de estoque. Isso por considerar o Custo Fixo como gasto necessário à manutenção da capacidade de produção.

Gerencialmente esse método de custeio é preferível por demonstrar...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!