liza coutinho

Páginas: 37 (9111 palavras) Publicado: 20 de maio de 2014
SUMÁRIO:

1 INTRODUÇÃO: 4
2 DESENVOLVIMENTO: 6
3 PRINCIPAIS ACIDENTES DOMESTICOS COM CRIANÇAS; 8
1 Afogamento: 8
2 Socorro imediato: 8
4 Intoxicações: 9
1 Principais substâncias venenosas encontradas em casa: 9
2 Como tornar o ambiente seguro: 9
3 Primeiros socorros: 11
5 Picadas, arranhões e mordidas: 12
1 Como agir em casos de acidentes: 13
2 O que nunca deve ser feito: 14
6Queimaduras: 14
1 O que nunca se deve fazer: 16
7 Choques elétricos: 17
1 O que fazer: 17
2 Cuidados básicos: 18
3 Qualquer voltagem é perigosa: 18
8 Quedas: 19
1 Como prevenir: 19
2 Primeiros socorros: 20
9 Traumatismo crâniano: 21
1 O que fazer: 22
10 Asfixia: 23
1 Primeiros Socorros: 23
2 Crianças menores de 1 ano: 24
11 BOA NOTÍCIA: 26
12 CONCLUSÃO: 27
13 CONSIDERAÇÕES FINAIS: 2814 RELATÓRIO DE DISPOSIÇÃO DO ALUNO: 33
15 BANCA EXAMINADORA: 34
16 REFERÊNCIAS: 35

INTRODUÇÃO:


Da porta para dentro, você respira aliviada, já que seu filho está protegido? Pois saiba que, dentro de casa, há inúmeros perigos também. “Da cozinha à lavandeira, nenhuma parte está livre de acidentes”, diz o pediatra Wilson Maciel, um dos organizadores do livro Crianças e AdolescentesSeguros (Publifolha), da Sociedade Brasileira de Pediatria.O local onde acontece a maior parte dos acidentes, segundo o especialista, é a cozinha. Depois, vem o banheiro, o corredor (quem diria?), as escadas, os quartos e a sala. Se você pensa que bebê de colo dá trabalho, não imagina do que será capaz assim que aprender a engatinhar e dar os primeiros passos. Em meio a quedas e tropeções, ele vaiexplorar a casa. E basta um segundo de distração para que a criança engula um brinquedinho, coloque o dedo na tomada ou escale o sofá em direção à janela. Até mesmo acidentes com arma de fogo podem acontecer. É preciso preparar a casa. A criança enxerga o mundo sob um ponto de vista diferente do dos adultos.

O PORQUE DE MANTER SUA CASA SEGURA:

Embora não existam estatísticas oficiais, osprofissionais de prontos-socorros infantis garantem que os meninos se machucam mais do que as meninas – algo que as mães já suspeitavam. “Por serem mais ousados em suas brincadeiras e ações, eles têm duas vezes mais chances de sofrer acidentes do que elas, a partir do primeiro ano de vida”, acredita a pediatra Adriana Barboza, da rede de Hospitais São Camilo, de São Paulo. Em geral, tendem asuperestimar suas habilidades, o que faz com que busquem situações de perigo.

Entre os principais acidentes que acontecem aos pequenos
( Até 1 ano de idade ) estão queimaduras, asfixia, intoxicações, quedas e aspiração de objetos, o que sugere que nessa fase estão sujeitos a riscos impostos pelos cuidadores (pais, avós, babás, etc.)
Já no período pré-escolar, os mais comuns são atropelamentos, quedasde lugares altos, ferimentos por brinquedos e queimaduras.
Entre os maiores, em idade escolar, somam-se aos anteriores as quedas de bicicletas, traumas dentários e ferimentos por arma de fogo, completa a pediatra Adriana.

COLOCAR SEU FILHO EM UMA REDOMA DE VIDRO, OBVIAMENTE NÃO DÁ !!!
A melhor saída, então, é prevenir, e como metade dos acidentes entre 0 e 14 anos acontece em casa, segundopesquisas, é imprescindível tornar o ambiente seguro. “Além disso, vale lembrar que um acidente pode acontecer em segundos de descuido ou distração, como aquele instante em que o adulto se virou para pegar um objeto, e esse intervalo pode trazer consequências para a vida inteira”, ALERTA.

DESENVOLVIMENTO:

À medida que os filhos crescem, aumentam também os riscos. Isso porque, além de setornarem mais independentes (nenhuma quer saber de colo depois que aprende a andar!), a curiosidade cresce na mesma proporção. Segundo dados do Ministério da Saúde, os acidentes fatais mais comuns de 1 a 4 anos, por ordem de incidência, são: quedas, asfixia, sufocação, afogamentos, intoxicações, choques elétricos e traumas. “As quedas correspondem a maioria dos incidentes, não só porque a criança...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Coutinho
  • Coutinho
  • Coutinho
  • oleo liza
  • Liza Crispim
  • Eduardo Coutinho
  • Coutinho resenha
  • André coutinho

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!