Lixo tecnológico: enfoque no lixo eletrônico do brasil

Páginas: 11 (2620 palavras) Publicado: 11 de março de 2012
[pic]
CURSO INFORMÁTICA SUBSEQUENTE NOTURNO
DISCIPLINA SAÚDE, MEIO AMBIENTE E SEGURANÇA
ALUNO ROBSON GERTT MAIA CARVALHO

LIXO TECNOLÓGICO: Enfoque no lixo eletrônico do Brasil

Irecê- BA
2011
ALUNO ROBSON GERTT MAIA CARVALHO

LIXO TECNOLÓGICO: Enfoque no lixo eletrônico do Brasil

Trabalho escolar de pesquisa em cumprimento às exigências dadisciplina de SMS, ministrada no IFBA no campus Irecê, sob orientação do Professor Ubaldo Costa.

Irecê- BA
2011

1 INTRODUÇÃO

Quando falamos em lixo eletrônico, a primeira coisa que vem à mente são aqueles incômodos spams que ocupam espaço na caixa de email, trazendo vírus e corrompendo o seu computador. Porém, não é deste lixo que vamos tratar nas próximas linhas.
Os resíduoseletrônicos, também denominados de e-lixo (e-waste em inglês) são os vilões do momento. Eles nada mais são do que artigos eletrônicos que não podem mais ser reaproveitados e que, descartados de forma incorreta, podem poluir o planeta, e, sendo em locais pouco apropriados como lixões e perto de lençóis freáticos tornam-se problemas ainda maiores.

2 NÚMEROS QUE IMPRESSIONAM

[pic]
Para se teruma idéia, os resíduos eletrônicos já representam 5% de todo o lixo produzido pela humanidade. Isso quer dizer que 50 milhões de toneladas são jogadas fora todos os anos pela população do mundo.
O Brasil produz 2,6Kg de lixo eletrônico por habitante, o equivalente a menos de 1% da produção mundial de resíduos do mundo, porém, a indústria eletrônica continua em expansão. Até 2012 espera-seque o número de computadores existentes no país dobre e chegue a 100 milhões de unidades.
Em 2006 foram vendidos mais de 7 milhões de computadores no mercado brasileiro, segundo dados da IDC. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nove em cada dez lares brasileiros têm pelo menos uma TV. Ainda assim, só em 2006 foram vendidos 10,85 milhões de novostelevisores no País.

3 BRASIL É O CAMPEÃO DO LIXO ELETRÔNICO ENTRE EMERGENTES

O Brasil é o mercado emergente que gera o maior volume de lixo eletrônico per capita a cada ano. O alerta é da ONU, quando lançou seu primeiro relatório sobre o tema e advertiu que o Brasil não tem nem estratégia para lidar com o fenômeno, e o tema sequer é prioridade para a indústria.
O estudo foi realizadopelo Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma), diante da constatação de que o crescimento dos países emergentes de fato gerou maior consumo doméstico, com uma classe média cada vez mais forte e estabilidade econômica para garantir empréstimos para a compra de eletroeletrônicos. Mas, junto com isso, veio a geração sem precedente de lixo. 
A estimativa é de que, no mundo, 40 milhões detoneladas de lixo eletrônico são geradas por ano. Grande parte certamente ocorre nos países ricos. Só a Europa seria responsável por um quarto desse lixo. Mas o que a ONU alerta agora é para a explosão do fenômeno nos emergentes e a falta de capacidade para lidar com esse material, muitas vezes perigoso. Para Achim Steiner, diretor-executivo do Pnuma, Brasil, México, Índia e China serão os países maisafetados pelo lixo, enfrentando "crescentes danos ambientais e problemas de saúde pública". 
Em meio a críticas ao Brasil, por não contar com dados sobre o assunto, a ONU optou por fazer sua própria estimativa. O resultado foi preocupante. Por ano, o Brasil abandona 96,8 mil toneladas métricas de PCs. O volume só é inferior ao da China, com 300 mil toneladas. Mas, per capita, o Brasil é olíder. Por ano, cada brasileiro descarta o equivalente a meio quilo desse lixo eletrônico. Na China, com uma população bem maior, a taxa per capita é de 0,23 quilo, contra 0,1 quilo na Índia.

[pic]

Outra preocupação da ONU é com a quantidade de geladeiras que terminam no lixo no Brasil. O país é o líder entre os emergentes, ao lado da China. É 0,4 quilo por pessoa ao ano. Em números...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • LIXO ELETRÔNICO (E-LIXO)
  • Lixo Tecnológico
  • Lixo Tecnologico
  • lixo tecnologico
  • Lixo tecnológico
  • Lixo tecnologico
  • Lixo tecnologico
  • Lixo eletrônico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!