Livro Arte e Percepção Visual

Páginas: 505 (126177 palavras) Publicado: 11 de março de 2014
& PEDCEPÇAO VMAL
Uma Psicologia da Visão Criadora

Nova Versão

RITDOIvF ARSMEIM

PERCEPÇÃO VtôUAL
Uma Psicologia da Visão Criadora

Dados Internacionais de
Catalogação na Publicação
(CIP)
(Câmara Brasileira do Livro,
SP, Brasil)
Arnheim, Rudolf, 1904-1997
Arte e percepção visual: uma
psicologia da visão criadora:
nova versão / Rudolf
Arnheim; tradução de Ivonne
Terezinhade Faria. - São
Paulo : Pioneira Thomson
Learning, 2005.
Titulo original: Art and visual
perception.
16. reimpr. da 1. ed. de 1980.
Bibliografia.
ISBN 85-221-0148-5
1. Arte - Psicologia
2. Percepção visual I. Grado,
Vicente di. II. Sooma, Emiko.
III. Título.
02.0678 CDD-701.15
índices para catálogo
sistemático:
1. Arte: Psicologia 701.15
2. Arte e percepção visual
701.15
3.Percepção visual: Artes
701.15
4. Psicologia da arte 701.15

ÍNDICE
Prefácio à nova versão, XI
Introdução, XIII
1. EQUILÍBRIO
A estrutura oculta de um quadrado, 3. Que são forças perceptivas?, 9. Dois
discos num quadrado, 10. Equilíbrio psicológico e equilíbrio físico, 77.
Por que equilíbrio?, 12. Peso, 15. Direção, 18. Padrões de equilíbrio, 21.
Alto e baixo, 21. Direita e esquerda, 24. Oequilíbrio e a mente humana, 27.
Madame Cézanne numa cadeira amarela, 28.
2. CONFIGURAÇÃO
A visão como exploração ativa, 35. Captação do essencial, 36. Conceitos
perceptivos, 37. O que é configuração?, 39. A influência do passado, 41.
Ver a configuração, 44. Simplicidade, 47. Simplificação demonstrada, 55.
Nivelamento e aguçamento, 58. Um todo se mantém, 59. Subdivisão, 61.
Por que os olhoscom freqüência dizem a verdade?, 64. Subdivisão nas
artes, 65. 0 que é uma parte?, 68. Semelhança e diferença, 70. Exemplos
tomados da arte, 79. O esqueleto estrutural, 83.
3. FORMA
Orientação no espaço, 91. Projeções, 95. Qual é o melhor aspecto?, 99.
O método egípcio, 102. O escorço, 707. Sobreposição, 112. Qual é a
vantagem da sobreposição?, 114, Interação entre o plano e a profundidade,118. Aspectos competitivos, 120. Realismo e realidade, 124. O que
é que tem aparência de realidade?, 126. A forma como invenção, 129. Níveis
de abstração, 134. La Source, 141. Informação visual, 145.
4. DESENVOLVIMENTO
Por que as crianças desenham assim?, 153. A teoria intelectualista,755.
Elas desenham o que vêem, 158. Conceitos representativos, 759. O desenho
como movimento, 767. O círculoprimordial, 7 64. A lei da diferenciação, 7 69.
Vertical e horizontal, 7 72. Obliqüidade, 7 77. A fusão de partes, 7 79. Tamanho, 184. Os erroneamente chamados girinos, 187. Tradução para duas
dimensões, 188. Conseqüências educacionais, 792. O nascimento da forma
na escultura, 796. Hastes e placas, 198. O cubo e a esfera, 203.
5. ESPAÇO
Linha e contorno, 270. Rivalidade de contorno, 213.Figura e fundo, 27 7.
Níveis de profundidade, 223. Aplicação na pintura, 225. Molduras e jane-

Arte e percepção visual
Ias, 229. Concavidade na escultura, 231. Por que se vê profundidade?, 236.
Profundidade por sobreposição, 237. Transparência, 242. As deformações
criam espaço, 247. Caixas em três dimensões, 250. Ajuda do espaço físico, 257. Simples ao invés de verdadeiro, 259. Os gradientescriam profundidade, 263. No sentido de uma convergência de espaço, 268. As duas
raízes da perspectiva central, 270. Não uma projeção fiel, 273. Espaço
piramidal, 275. 0 simbolismo de um mundo focalizado, 281. Centralidade
e infinito, 284. Jogando com as regras, 285.
6. LUZ
A experiência da luz, 293. Claridade relativa, 295. Iluminação, 297. A luz
cria espaço, 300. Sombras, 304. Pintura semiluminação, 309. O simbolismo da luz, 313.
7. COR
Da luz à cor, 321. Configuração e cor, 323. Como as cores acontecem, 328.
As primárias geradoras, 330. Adição e subtração, 331. Complementares
geradoras, 332. Um meio instável, 334. A busca da harmonia, 336. Os
elementos da escala, 340. Sintaxe das combinações, 343. As complementares
fundamentais, 346. Interação da cor, 351. Matisse e El...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • resumo do livro arte e percepção visual
  • Percepçao visual e sensorial, uma arte
  • fichamento arte e percepção visual
  • Arte e percepção visual
  • percepção das artes visuais
  • Arte e percepção visual
  • Arte e percepção visual
  • Fichamento do primeiro capítulo do livro arte e percepção visual de rudolf arnheim

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!