literatura

Páginas: 2 (281 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2014
Os cachos
Caminhando sem direção à procura de respostas que desvende minhas visões. Encontro outro templo perdido, que me trás boas recordações de um tempo em que meucoração era puro. Um lugar agradável, cheio de pessoas que carregam o testemunho de um ser divino e que dizem conhecer o verdadeiro sentimento.
Eu respiro e sinto a pazdesse lugar , algo me puxando, apagando minhas pegadas deixadas no caminho escuro e transformando em um pequeno brilho resplandecente que apenas poucos conseguem ver.Estou cansado, velho, meu pensamento não tem a mesma textura de 1 segundo atrás. Sinto o peso em meus joelhos se dobrando em uma suposta fé que exatamente todos acreditam.Eu já não sei o que fazer... É tudo tão contraditório que sinto pela primeira vez que é preciso me entregar na mentira. Um paradoxo escondido que me faz desacreditar emtudo que irreal.
Nem todas as resposta eu posso obter, a verdade nem sempre caminha comigo, os desafios sempre tenho a vitória, meu orgulho prevalece sobre os setemontes, mas o que eu realmente quero não consigo. Parece frustrante, mas a minha esquerda encontrei depois de quatro cadeiras a garota. Lembrei-me daquele rosto, daquelescachos que no mesmo lugar me emprestou a sagrada escriturar para minha leitura.
Sem relógio, data desconhecida, destino que não está escrito, eu te encontrei e alguma coisame pediu para ficar. Uma atração desconhecida, sem cores, algo sem limite de tamanho que nem mesmo o próprio Deus protegeria... Três sorrisos diante de uma brincadeirade uma criança. Um sorriso metálico e outro falho. Trocas de olhares e curiosidade em saber quem era você. Infelizmente ainda não sei quem sabe um dia conversamos.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Literatura
  • Literatura
  • Literatura
  • Literatura
  • Literatura
  • Literatura
  • Literatura
  • Literatura

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!