LINGÜÍSTICA A P L I C A D A E O ENSINO D E LÍNGUAS E S T R A N G E I R A S NO B R A S I L

Páginas: 44 (10974 palavras) Publicado: 7 de setembro de 2014
LINGÜÍSTICA A P L I C A D A E O ENSINO
D E LÍNGUAS E S T R A N G E I R A S NO B R A S I L

1

J o h n Robert S C H M I T Z

2

• RESUMO: Procura-se neste trabalho apresentar u m esboço de Lingüística Aplicada e o Ensino de Línguas
Estrangeiras no mundo e também no Brasil. Conclui-se que a disciplina está e m pleno desenvolvimento
com contribuições pertinentes para o ensino eaprendizagem de línguas, além de outras áreas de
conhecimento tais como língua pátria, ensino bilíngüe, tradução, alfabetização e letramento. Destaca-se
no artigo o estado da arte e m Lingüística Aplicada no Brasil que atinge no momento, especialmente no
campo de ensino de línguas estrangeiras, a sua maturidade após vinte anos de atividade.
• UNITERMOS: Lingüística Aplicada; TeoriaGerativo-Transformacional; aprendizagem de língua estrangeira; fossilização; interlíngua; análise contrastiva; aquisição.

Nesta década de 90, a última do século XX, século esse que trouxe grandes
inovações tecnológicas e mudanças sociais em todas as partes do mundo, cumpre
historiar o desenvolvimento da disciplina de Lingüística Aplicada (doravante LA) no
exterior e também no Brasil.
A finalidade deste trabalhoé descrever o crescimento da LA, especialmente no
que tange ao ensino de línguas estrangeiras no País frente à realidade socioeconómica
no momento. Pretendo dividir este trabalho em duas partes principais. Na primeira,
o meu objetivo é traçar o desenvolvimento da LA. Na segunda, resumirei a contribuição brasileira nesta área.

1. O desenvolvimento da L A

Alguns especialistas epesquisadores na área de estudos da linguagem consideram a LA uma atividade recente, alguns deles atribuem quinze ou talvez vinte anos

1. Trabalho baseado n u m a comunicação apresentada n o G r u p o de Trabalho "Lingüística A p l i c a d a : Ensino de Língua
Estrangeira" n o K Congresso I n t e r n a c i o n a l d a ALFAL, UNICAMP, Campinas, d e 6 a 10 d e agosto d e 1990.
2. D e p a r t a m e n t ode Lingüística A p l i c a d a - I n s t i t u t o de Estudos d a L i n g u a g e m - UNICAMP - 1 3 0 8 1 - C a m p i n a s - SP.

Alfa, São Paulo. 36: 213-236. 1992

215

à prática da disciplina. Segundo Pap (1972) a primeira ocorrência do termo "Lingüística
Aplicada" por ele encontrado data de 1947. Os lingüistas Voeglin e Harris (1947)
consideram esta disciplina o estudo voltado para oensino prático, a preparação de
dicionários, estudo da criptologia e a elaboração de alfabetos para as diferentes
línguas. O trabalho de Haas (1953) representa u m momento específico no desenvolvimento da disciplina com ênfase dada à aplicação. Esta especialista faz uma distinção
entre as três atividades seguintes: (i) o ensino de línguas, (ii) a aprendizagem de línguas
e (iii) a descriçãolingüística. Outra data que marca a maturidade da disciplina de LA
é a de 1948, quando foi publicada pela primeira vez a revista Language Leaming: A
Quarteily Journal oí Applied
Linguistics.
A referida revista no volume 39, n. 3 de 1989, define LA como " A aplicação de
método lingüístico e perspectiva filosófica a problemas que geralmente são vistos
como fora das preocupações mais estreitas,mais tradicionais da lingüística propriamente d i t a " . (1989)
3

Em 1963 inicia-se a publicação da revista International Review oí Applied
Linguistics (ÍRAL). Em 1967, o editor da referida revista, o lingüista sueco Bertil
Malmberg, considera a LA uma ciência nos mesmos moldes da Medicina Aplicada ou
da Física Aplicada. Ele comenta com estas palavras:
(...) lingüística aplicada comociência geral significa para m i m as teorias e análises daqueles
aspectos teóricos de linguagem e de comunicação lingüística que são básicas a estas atitudes
diferentes. (1967, p. 2)

Courchêne (1981), num estudo do termo "Lingüística Aplicada", diz que na
história da disciplina existem três períodos ou momentos diferentes, a saber: (i) o
período precursor 'pré-científico', (ii) o lingüístico...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • R E F L E X O D A S N U L I D A D E S D O A T O A D M N I S T R A T I V O E M R E L A Ç Ã O A T E...
  • A pl i c a ç ã o d o e x c e l a v á r i a s d i s c i p l i n a s d o s c u r s o s d e g r a d u a ç ã o
  • A H I S T Ó R I A D E P O U S O A L E G R E C O N T A D A A T R A V É S D A S E D I F I C A Ç Õ E S
  • A N L I S E L I T E R A R I A
  • P r o j e t o N o v a s F r on t e i r a s da C oope r a ç ão pa r a o D e s en v o l v i m en t o S u s t en t á v e l –...
  • A C o n s t i t u i ç ã o d o P a r á g r a f o
  • O R G A N I Z A Ç Ã O S A M A R I T A N O S Ã O F R A N C I S C O D E A S S I S
  • R e s t i t u i ç ã o d e b e m a p r e e n d i d o

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!