Liderança e etica

Páginas: 14 (3390 palavras) Publicado: 9 de outubro de 2011
CADEIRA LIDERANÇA E ÉTICA EMPRESARIAL

Rovert Goffe e Gareth Jones, em seu artigo na Harvard business review nos falam de quatro mitos populares sobre liderança:

1. Todos podem ser líderes
2. Líderes levam a resultados
3. Pessoas que chegam ao topo são lideres
4. Lideres são grandes coaches

As respostas que vem instigando pesquisadores hámuitos anos, com certeza não se encontram nos quatro pressupostos acima descritos.
✓ Afinal, o que é ser um líder?
✓ O que faz um líder?
✓ É possível desenvolver liderança?
✓ Quais os maiores exemplos de líderes?
✓ O que os une?
✓ O que os difere?
Como vimos em sala de aula, líderes, de Moisés a Nelson Mandela, transformaram sociedades, mas a compreensãode como se tornar um líder ainda é uma questão difícil de responder. Definições de liderança existem diversas, como segue:

O grande guru para nós, administradores, Peter Drucker, diz:
"A única definição de líder é alguém que possui seguidores.
Algumas pessoas são pensadoras. Outras, profetas. Os dois papéis são importantes e muito necessários. “Mas semseguidores, não podem existir líderes.”

James O’Toole (1997) propõe:
“Em um cenário complexo e democrático, a verdadeira liderança exige fatores e dimensões de visão, confiança, interesse de ouvir, autenticidade, integridade, esperança e, especialmente, atenção às verdadeiras necessidades dos liderados.”

Conforme Hunter (2006),
“liderança é a habilidade deinfluenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum.”

Para Felá Moscovici, (1996), a própria liderança não é marcada e desempenhada por somente um integrante. Os diferentes papéis, inclusive o de líder, deve ser desempenhado por todos os membros do grupo.
Nesta breve introdução percebemos queo assunto é polemico e multifacetado em suas definições. Nesta Cadeira de Liderança e ética, estudamos cinco abordagens de liderança, onde descrevo três delas, conforme segue.

1. Abordagem por Característica – O Grande Homem - Carismático
Inteligência emocional
Líder nato ou construído?

Daniel Goleman (1996) identificou em suas pesquisas que os líderes maisefetivos tinham alto nível de habilidade como Inteligência Emocional, que segundo o autor, é a capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos
Há muito tempo se discute se os líderes nascem líderes ou aprendem a sê-lo. A resposta é ambos, diz o autor. Pesquisascientíficas sugerem fortemente que há componentes genéticos na inteligência emocional. Pesquisas psicológicas indicam que a educação também funciona bem. Uma coisa é certa: a inteligência emocional aumenta com a idade e a maturidade do indivíduo.
O autor complementa que o QI e a inteligência emocional, não são capacidades opostas, mas distintas. Ao contrario dos testes conhecidos de QI,não há ainda nenhum formulário único de teste com papel e lápis que produza, “uma contagem de inteligência emocional”, e talvez jamais venha a haver.
Indivíduos de alta inteligência emocional são socialmente equilibrados, comunicativos e animados, não inclinados a receios. Têm uma notável capacidade de engajamento com pessoas ou causas, de assumir responsabilidades e ter uma visãoética. Diferentemente do QI, que é amplamente genético, e trata mais de nossas habilidades cognitivas (percepção, memória, juízo e/ou raciocínio), a Inteligência Emocional pode ser aprendida e desenvolvida em qualquer idade, através de competências pessoais e sociais e de cinco capacidades fundamentais:

Competências Pessoais: são as capacidades que determinam como as pessoas lidam...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ética e liderança
  • Ética e liderança
  • Ética e liderança
  • Ética na liderança
  • Liderança e ética
  • Etica e liderança
  • Ética e liderança
  • Etica na liderança

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!