Lei de say

Páginas: 5 (1242 palavras) Publicado: 12 de janeiro de 2014
Lei de Jean Baptiste Say
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A Lei de Say também conhecida como Lei de mercados de Say ou Lei da preservação do poder de compra 1 decorre do modelo que mantém oferta e demanda em identidade. Foi popularizada pelo economista francês Jean-Baptiste Say com sua explicação sobre o funcionamento dos mercados. A expressão didática para se referir ao princípio eque sintetiza o significado da lei, "a oferta cria sua própria demanda", teria sido difundida em Cambridge antes de 1936. Ela foi usada por Keynes na Teoria Geral em sua crítica ao modelo econômico que a adotava. 2


Jean-Baptiste Say
Karl Marx contestou o uso de nome de Say para a lei, afirmando que a concepção original teria sido de James Mill quando aquele afirmara haver um "equilíbriometafísico entre vendedores e compradores". Adam Smith também usara a ideia básica antes.Schumpeterdiscordou alegando que o escrito de Mill fora publicado em 1808 enquanto a primeira edição do livro de Say, Traité d'Economique Politique, saiu em 1803. Mas ressalve-se que o autor francês aprofundou o conceito apenas na segunda edição (de 1814) 1 .
Pela teoria de Say, não existem as chamadas crises de"superprodução geral", uma vez que tudo o que é produzido pode ser consumido já que a demanda de um bem é determinada pela oferta de outros bens, de forma que a oferta agregada é sempre igual a demanda agregada. Say aceitava ser possível que certos setores da economia tivessem relativa superprodução em relação aos outros setores, que sofressem de relativa subprodução. Também segundo a lei nãoexistiria o entesouramento pois o dinheiro não gasto por um produtor (poupança) será repassado a outro através de empréstimo.
Índice
  [esconder] 
1 Formulação
2 Reformulação
3 Contestação
4 Ver também
5 Referências
6 Bibliografia
Formulação[editar | editar código-fonte]
Say afirmou que "produtos se pagam com produtos" (1803: p. 153) ou "um excedente pode ocorrer apenas quando muitos meios deprodução forem aplicados a um determinado produto em detrimento de outro" (1803: p. 178-9). A "lei" está expressa pelo autor nessa passagem de sua obra, em tradução livre do inglês:
"É de se ressaltar que um produto tão logo seja criado, nesse mesmo instante, forma um mercado para outros produtos adequado ao próprio valor. Quando o produtor finaliza a produção, fica ansioso para vendê-laimediatamente pois quer evitar que a mesma se deprecie em suas mãos. E não ficará menos ansioso para aplicar o dinheiro que ganhará com a venda, pois o valor do dinheiro também poderá se depreciar. Mas o único modo de aplicar o dinheiro é trocá-lo por outros produtos. Assim, a mera circunstância da criação de um produto imediatamente abre um mercado para outro produto" (J. B. Say, 1803: pp.138–9)3 .
Eletambém escreveu que não é o dinheiro em abundância mas os produtos em abundância que em geral facilitarão as vendas:
"O dinheiro tem sua função mas é uma momentânea nesse mercado de troca; e quando a transação for finalmente fechada, e sempre será, aquela determinada mercadoria criará mercado para outra" 4 .
Reformulação[editar | editar código-fonte]
O economista escocês James Mill reformulou alei de Say em 1808, escrevendo que "produção de mercadorias cria, e é a única e universal causa que cria um mercado para as mercadorias produzidas."5
Outros economistas com destaque para David Ricardo e John Stuart Mill ajudaram a desenvolver a "Lei de Say" até uma "Lei dos Mercados" que foi a base da Macroeconomia de meados do século XVIII até a década de 1930.
Contestação[editar | editarcódigo-fonte]
A Lei de Say foi um dos pilares da economia ortodoxa, até a Grande Depressão de 1929, quando passou a ser contestada. O economista inglês Jonh M. Keynes foi um dos maiores críticos da Lei de Say e de outros fundamentos teóricos da teoria marginalista, levando a uma reformulação da Lei de Say, que deu origem à Lei de Walras. Sua teoria6se baseava na hipótese de que o aumento da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A lei de say
  • A lei de say
  • Lei de Say
  • Steven horwitz e a lei de say
  • LEI SAY Acumula O De Capital E Demanda Efetiva
  • A verdadeira Lei de Say
  • Qual a diferença entre lei de say e o princípio keynesiano da demanda efetiva?
  • resumo say

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!