Lavoura Arcaica

Páginas: 5 (1081 palavras) Publicado: 19 de setembro de 2013
Lavoura Arcaica, Obra de Raduan Nassar (1975) adaptada para o cinema por Luiz Fernando Carvalho em 2001 apresenta um contexto dinâmico, cheio de acontecimentos, brigas, protestos e confusões. A obra tem várias influencias bíblica e também muita influência árabe, como em roupas, falas, danças, nomes, objetos como o narguilé e o mashabá. Muito do filme se entende conhecendo a cultura tradicionallibanesa que se mistura com a cultura brasileira.
Toda essa influencia já começa pelo autor, Raduan Nassar é um escritor filho de imigrantes libaneses, o que explica a sutileza em que colocou essa cultura na sua obra Lavoura Arcaica. O momento em que fica mais claro sobre a descendência libanesa da família de André, protagonista do filme, é no trecho:
“Em memória do avô, faço este registro: aosol e às chuvas e aos
ventos, assim como a outras s manifestações da natureza que faziam
vingar ou destruir nossa lavoura, o avô, ao contrário dos
discernimentos promíscuos do pai — em que apareciam enxertos de
várias geografias, respondia sempre com um arroto tosco que valia por
todas as ciências, por todas as igrejas e por todos os sermões do pai:
‘Maktub.’”
Maktub significa “está escrito”,esta é a única palavra em árabe que vemos no livro, porém, Luiz Fernando Carvalho fez uma bela adaptação do livro, nos deixando com mais referências da cultura libanesa que fica subtendida no romance.
Como trabalho de pesquisa para a obra cinematográfica, o diretor Luiz Fernando fez uma intensa pesquisa sobre a cultura árabe em si, foi ao Líbano a fim de saber mais sobre cultura, as danças, asvestes, a música etc., queria passar para a equipe tudo isso, mas que no filme ficasse, assim como no livro, quase “imperceptível”, que essa cultura não fosse o foco e sim a atmosfera criada para o filme, também contou com a presença de Tufic Nabak, um libanês que foi o consultor de língua e cultura árabe.
Podemos ver claramente isso na trilha sonora do filme, composta por Marco AntonioGuimarães, líder do grupo UAKTI¹, sempre visando os temas típicos da música Árabe e usando os instrumentos de origem, como o oboé, a flauta, o alaúde e o violoncelo. Preocupou-se também com a sonoridade que é verdadeiramente inspirada nos imigrantes árabes que vivem no Brasil.
Marco esteve presente em todo processo de criação do filme, o que o deixou totalmente imerso no mundo que o filme propunha,naquela família, nos seus problemas e suas origens, facilitando o processo de composição das músicas.
O violoncelo foi usado em quase todas as músicas propositalmente pois assim criaria um aspecto introspectivo e reflexivo que o filme propunha, principalmente em cenas como a da “parábola do faminto” na qual toca a música Era uma vez um faminto. A música mais animada é a Yo Babour, a única não compostapor Marco, e sim por um grupo árabe Folclore do Líbano e tocada pelo Grupo de Música Árabe Almaza, essa música é apropriada para a cena de dança que é a Dabke, uma dança tradicional árabe.
A família de André morava em meio a famílias de imigrantes árabes, então nas festas o que predominava era a dança Dabke, que significa “bater os pés no chão”, estas batidas os dançarinos executam em círculo, demão dadas, sempre com alguém comandando no início do círculo e durante a dança, o círculo nunca se fecha. Segundo a tradição da dabke, somente o líder que está no início do círculo pode se desvincular dele e dançar diferente dos demais, e assim nós vemos Pedro, na primeira dança de Ana, se desvinculando do círculo e dançando com a sua irmã, enquanto os outros dançam em volta.
Luiz F. Carvalho sepreocupou inclusive com detalhes, como o lado para o qual a roda gira, que é sempre para a direita, e também o Mashabá (um tipo de rosário da tradição islâmica) na mão de Pedro, onde ele gira e dança com ele, Tufic Nabak colaborou também com essa parte da dança dabke.
Já nos nomes podemos ver a intersecção entre a cultura árabe e a cultura brasileira, Zuleika e Iohaná nomes árabes e Pedro e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Lavoura Arcaica
  • Análise do filme Lavoura Arcaica
  • Lavoura Arcaica e a cultura árabe
  • Análise de Lavoura Arcaica
  • Ensaio crítico do filme Lavoura Arcaica
  • A SEXUALIDADE EM O BOM CRIOULO E LAVOURA ARCAICA
  • resenha crítica filme lavoura arcaica
  • Leitura fílmica: lavoura arcaica e as teorias apolínia e dionisíaca do filosofo friedrich nietzsche

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!