Largo da matriz de paraibuna

Páginas: 8 (1869 palavras) Publicado: 27 de abril de 2013
Largo da matriz


Câmara Municipal

Sobre regência do Imperador D.Pedro II,o Conselho Geral da Província de São Paulo,que tinha como presidente o coronel Rafael Tobias de Aguiar,encaminhou a assembléia Geral Legislativa um requerimento para a elevação de Paraibuna a condição de Vila.
Finalmente em 10 de julho de 1832 a pequena freguesia de Santo Antonio daBarra do Parahybuna,após 20 anos,se desmembra de Jacareí.
Esta condição era almejada há anos por seus ‘homens bons’,proporcionava sua independência administrativa,ou seja,o direito de erguer o pelourinho em praça pública,a construção de uma cadeia e instituir seu próprio poder legislativo.
Somente no ano seguinte realizou-se a primeira sessão de câmara,no dia 29 de junho de 1833,e por nãopossuir prédio próprio, seus primeiro vereadores realizavam as sessões em residências particulares, depois de certo tempo sua cede foi para o movimentado largo do mercado, dividindo o pavimento superior com juízes de paz e no pavimento inferior as celas e a administração da cadeia.
O prédio no qual a câmara esta atualmente instalada teria servido no inicio do século como entreposto comercial noandar inferior,e residência no piso superior,como atestam algumas características arquitetônicas.


Fundação cultural e casarões da praça

Quase todos os casarões, ou melhor, prédios em estilo colonial da praça da matriz, foram construídos pelo engenheiro Dr. Pedro Augusto Calazans, por esse motivo suas fachadas são mais ou menos iguais.
As casas das famílias mais importantes eramconstruídas ao redor da igreja, primeiramente ocupando os lotes de frente e que tinham o rio no fundo e posteriormente os lotes a esquerda. Essas construções representavam o ideal da riqueza dos cafeicultores do século XIX.
Todas as casas foram construídas ao nível da rua. As escadas de entrada que hoje todas elas possuem foram colocadas em decorrência de um rebaixamento que todo o passeiopublico sofreu na década de vinte.
Outra regularidade entre elas são as portas e janelas grandes para maior ventilação e em cima das portas havia as iniciais dos sobrenomes das famílias.
As famílias só vinham para a cidade em datas comemorativas, eleições para vereadores ou por necessidade, pois tinham tudo o que precisavam em suas fazendas, deixando suas casas na cidade praticamente o ano todovazia.
O prédio da fundação cultural, foi construído em 1878, para abrigar uma fabrica de meias de algodão, matéria prima em abundancia na época em nossa cidade,devido ao declínio do ciclo cafeeiro no vale do Paraíba e para evitar que famílias inteiras de Paraibuna, abandonassem a cidade, em busca de cultura para seus filhos e garantir seus matrimônios econômicos, muitas delas, como o barãoDuprat abandonou propriedades enormes, fazendas e casas na cidade.
Os políticos da época, preocupados com o bem estar da cidade e seu progresso, reúnem-se com a força economia da cidade e procuram fazer empreendimentos arrojados no município, como a fabrica de meias. Para se ter uma idéia dessa preocupação em manter essas famílias em Paraibuna, mais de uma fabrica foi montada em Paraibuna, nolocal onde hoje se encontra a fundação Cultural Benedicto Siqueira e Silva.
O prédio da fundação cultural foi também sede da empresa de força e luz Paraibunense, que fundou a COMEPA-Companhia Melhoramento de Paraibuna,que deu origem a CESP,Companhia Energética de São Paulo.Foi a primeira sede Esportiva Paraibunense,prefeitura municipal e hoje é a fundação cultural Benedicto Siqueira e Silva.Elarecebe esse nome em homenagem a Benedicto Siqueira e Silva,filho de uma tradicional família paraibunense.Nascido em 30 de agosto e 1902,veio dedicando toda sua vida a Paraibuna.
Profissionalmente foi farmacêutico de 1924 a 1969 e paralelamente manteve outras atividades na vida publica,como:professor,advogado,mestre Capela,musico,pintor,desenhista,vindo mais tarde se destacar como poeta.
Em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Key largo
  • Passo Largo
  • Largo Do Arouche
  • Historia de paraibuna
  • Largo de Camões
  • Largo Do Carmo
  • Passo largo
  • Matriz

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!