ladys

Páginas: 13 (3076 palavras) Publicado: 2 de novembro de 2014
ResumosNo entanto, muitos desafios permanecem. As disparidades socioeconômicas e regionais são enormes e inaceitáveis, sinalizando que ainda é necessário avançar muito para melhorar a condição de vida de grande parte da população. Novos problemas de saúde emergem como resultado da urbanização e de mudanças sociais e ambientais, enquanto outros, antigos, permanecem, sem adequado enfrentamento. Aadministração de um sistema público complexo e descentralizado, no qual grande parte dos serviços é prestada em razão de contratos com provedores privados, além da atuação de várias seguradoras privadas de saúde, acarreta, inevitavelmente, conflitos e contradições.
Uma das dez maiores economias mundiais, o Brasil ainda tem um longo caminho a percorrer até atingir os níveis de saúde vigentes nasnações mais prósperas do mundo. Com quase 200 milhões de habitantes, há diferenças regionais marcantes no Brasil. Regiões mais ricas, como o Sul e o Sudeste (onde a expectativa de vida é comparável àquela de países ricos), convivem com as mais pobres, como o Norte, o Nordeste e a fronteira do Centro-Oeste, que se expandem com rapidez. Ao longo dos últimos quarenta anos, a expectativa de vida aonascer aumentou em mais de seis meses, a cada ano.1
De forma similar, progressos têm sido feitos em relação aos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM; Tabela 1). Indicadores referentes ao ODM 1 (pobreza e desnutrição infantil) e ao ODM 4 (sobrevida infantil) serão, provavelmente, alcançados. As tendências da mortalidade materna (ODM 5) têm se mostrado difíceis de medir com precisão, porconta da melhoria nos sistemas de notificação; por outro lado, estimativas obtidas por intermédio de modelos matemáticos apontam para uma taxa anual de declínio em torno de 4% o que é insuficiente para alcançar a meta.
Historicamente, as desigualdades sociais, étnicas e
regionais têm afetado a sociedade brasileira, daí não ser surpreendente que o Brasil figure entre os líderes
mundiais em termosde desigualdade de renda. Contudo, apresentam-se evidências nesta Série de que as lacunas socioeconômicas e regionais referentes a vários indicadores estão sendo diminuidas gradativamente.
as taxas de mortalidade por doenças não transmissíveis caíram em 20% entre 1996 e
2007, especialmente em função de reduções das doenças respiratórias crônicas e cardiovasculares, paralelamente ao declínio daincidência de fumantes. Por outro lado, a hipertensão, a obesidade e o diabetes têm aumentado e as doenças neuropsiquiátricas são as que mais contribuem para a carga de doenças no país.
Em relação à violência e às lesões, tanto as taxas de homicídio como as mortes relacionadas ao tráfego começam a declinar, após atingir seu pico na década de 1990, mas muito ainda deve ser feito para controlaressas duas ‘epidemias’.
A taxa de homicídios no Brasil segue sendo várias vezes mais elevada que aquelas observadas nos países vizinhos, como a Argentina, o Chile e o Uruguai. As tendências observadas nas condições de saúde da população brasileira nos últimos cinquenta anos devem ser interpretadas em termos dos determinantes sociais de saúde. A ditadura militar, que se estendeu de 1964 até ofinal da década de 1980, caracterizou-se por rápido crescimento econômico, aumento da concentração de renda, proteção social inadequada, sistema de saúde fragmentado e escassa participação social em todos os setores, incluindo a saúde. Tal situação estimulou o florescimento, nos anos 1970 e 1980, de um forte movimento social que advogou pela reforma do setor saúde. O retorno à democracia possibilitoua criação do Sistema Único de Saúde (SUS), no contexto da nova Constituição, de 1988, com participação popular em todos os níveis.
O SUS
Desde 1989, os brasileiros têm direito à atenção à saúde
gratuita, em nível primário, secundário e terciário,
prestada por um sistema nacional de saúde com
características únicas na América Latina, financiado por
impostos e contribuições sociais...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • lady
  • RT Lady
  • Lady Gaga
  • Lady barbara
  • Lady Gaga
  • Lady Di
  • lady gaga
  • Lady Gaga

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!