Lacan/Freud

Páginas: 37 (9060 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
1

O FENÔMENO PSICÓTICO: SOB A ÓTICA DE FREUD E LACAN1

Fabíola Moreira Alvarenga
Psicóloga pela Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, MG.
Graduada pela PUC-Minas.
Especialista em Saúde Mental e Psicanálise
pelo Centro Universitário Newton Paiva.
E-mail: fabiolaalvarenga@yahoo.com.br

Resumo: O presente trabalho aborda o fenômeno psicótico na esquizofrenia e na paranóia,
sob a óticade Sigmund Freud e Jacques Lacan. O texto é enriquecido por exemplos
clínicos, principalmente aqueles retirados do ‘Caso Schreber’, artigo escrito por Freud, em
1911. Objetiva-se, com esta escrita, investigar características da estrutura psicótica e os
caminhos que levam à formação dos fenômenos.
Palavras-Chave: Psicanálise; fenômeno psicótico; esquizofrenia; paranóia.

Abstract: Thisarticle approach psychotic phenomenon in schizophrenia and paranoia
under the view of Sigmund Freud and Jacques Lacan. The text has clinical examples,
mainly from ‘The Schreber Case’, written by Freud in 1911. The article also investigate
psychotic states and how psychotic phenomenon appears in psyche.
Keywords: Psychoanalysis; psychotic phenomenon; schizophrenia; paranoia.

1

Este texto é umresumo da monografia apresentada ao programa de pós-graduação lato-sensu Saúde mental
e Psicanálise do Centro Universitário Newton Paiva em maio de 2008, elaborada sob orientação da Profa.
Dra. Lúcia Castello Branco, com o título: “O fenômeno psicótico: sob a ótica de Freud e Lacan”.

2
Introdução

Na primeira parte deste artigo, procurou-se investigar as características dodesenvolvimento libidinal na esquizofrenia. Trata-se do estudo do movimento empreendido
pelas catexias libidinais, movimento que permite tanto o aparecimento dos fenômenos
hipocondríacos e megalomaníacos quanto a recuperação e estabilização do quadro clínico.
Na segunda parte, o ego é a instância psíquica que mais nos interessa. Uma de suas
funções é a de exercer censura sobre os fragmentos externosindesejáveis ou mesmo
insuportáveis, protegendo o sujeito das situações desprazerosas. A defesa por ele exercida
na psicose, a rejeição, e as conseqüências advindas dessa defesa, são os pontos
privilegiados a serem abordados. Na língua alemã, o termo utilizado por Freud para
rejeição é verwerfung, diferente da verdrangung, traduzido como recalque, defesa
específica da neurose. Lacan, ao retornar àobra freudiana, fez novas contribuições e criou
outra denominação para verwerfung: foraclusão. Esse termo confirma a radicalidade da
defesa que ocorre na psicose, já apontada por Freud. Lacan escreve sobre a foraclusão de
um significante, chamado por ele ‘Nome-do-Pai’. Como resultado desse mecanismo,
emergem os fenômenos psicóticos. O caminho psíquico que resulta em seu aparecimento é,
semdúvida, o que se objetivou detalhar com esta escrita.
Assim, ao retomar teoricamente o desenvolvimento libidinal na esquizofrenia e a
função de defesa que a instância egóica exerce na psicose, pretende-se esboçar o percurso
específico da estrutura psicótica necessário ao aparecimento dos fenômenos. Há, sem
dúvida, algo próprio da psicose que não pode ser confundido com outras estruturas. A
escolhapor um diagnóstico na direção do tratamento não é sem conseqüências para o
sujeito, o que aponta a relevância do tema e seu estudo, não apenas em termos teóricos, mas
também devido a suas implicações na clínica.

Parte 1 - O desenvolvimento da libido na esquizofrenia

Em seu texto Sobre o narcisismo: uma introdução, de 1914, Freud teoriza sobre a
libido. Distingue libido do ego e libidoobjetal, e afirma que “quanto mais uma é
empregada, mais a outra esvazia”. (FREUD, [1914] 1996, p.83). Com a matemática, pode-

3
se pensar que elas são inversamente proporcionais. Quanto a essa distinção, Freud fala de
sua importância, ao escrever que “o valor dos conceitos ‘libido do ego’ e ‘libido do objeto’
reside no fato de que se originam do estudo das características íntimas dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • freud e lacan
  • INTEGRAÇÃO DE FREUD LACAN E JUNG
  • Retomada de lacan a freud
  • A psicologia de lacan a freud
  • Concep O De Sujeito Freud A Lacan
  • “O self na visão de freud, winnicott e lacan”
  • resumo de desejo e saber em Freud e em Lacan
  • Resenha

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!