Lab fisqui energia de ativação

Páginas: 6 (1261 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
RELATÓRIO 2: ENERGIA DE ATIVAÇÃO
Introdução
No momento em que ocorre o choque entre as partículas reagentes durante uma reação química, forma-se uma estrutura intermediária (aglomerado) entre os reagentes e os produtos que chamamos de complexo ativado. Esse complexo possui energia superior a energia dos reagentes denominada energia de ativação. A energia de ativação é a menor quantidade deenergia necessária que deve ser fornecida aos reagentes para a formação do complexo ativado e, consequentemente, para a ocorrência da reação.
Arrhenius admitiu que as moléculas normais não participam das reações químicas, apenas as moléculas que possuírem uma energia superior a energia de ativação, são capazes de reagir. As moléculas ativadas são raras e provêm das colisões térmicas aleatórias entremoléculas, que podem fornecer a uma molécula uma energia muito superior ao valor médio.
Experimentalmente se observa que o aumento da temperatura provoca, em maior ou menor grau, sempre um aumento na velocidade das reações químicas, independente se a mesma seja endotérmica ou exotérmica. O efeito da temperatura é o aumento na constante cinética da reação.
Equação de Arrhenius:                 
Onde:
k= constante de velocidade
Ea= energia de ativação
R= constante dos gases
T= temperatura absoluta
A= fator pré-exponencial
A reação do violeta de cristal, que possui coloração roxa, com o hidróxido de sódio, que é incolor tem como resultado um produto incolor. Dessa forma foi possível analisar a realização da reação pela mudança de cor da solução, através da leitura do fotômetro.

ObjetivoRealizar a leitura da cinética da reação entre o violeta de cristal e o NaOH no aparelho fotômetro em diferentes temperaturas e em um determinado intervalo de tempo. Para através do resultado, obter a constante da velocidade da reação química, e através desta o valor da Energia de Ativação da reação.
Procedimento
- Primeiramente, o equipamento fotômetro foi zerado, através da leitura de uma solução“branco” já previamente preparada pelo técnico.
- Em seguida, duas cubetas, uma contendo 5 mL de violeta de cristal e a outra contendo 5 mL de NaOH 0,05M, foram postas em banho termotizado até chegarem à temperatura desejada.
- Ao chegar na temperatura desejada, toda a solução de cristal de violeta foi misturada à cubeta contendo NaOH, e mantida no banho, formando a solução a ser lida pelofotômetro. Exatamente no mesmo momento da mistura o cronômetro foi acionado.
Para cada temperatura (10 ºC, 15ºC,20ºC e 25ºC), este procedimento foi repetido.
- Nas temperaturas de 10 ºC e 15ºC os valores das absorbâncias foram anotados a cada 2 minutos, começando em t=0. Já nas temperaturas de 20ºC e 25ºC, a medida foi feita de 1 em 1 minuto.
Resultados e Discussão
Após a realização do procedimentodescrito acima, obteve-se os seguintes resultados de absorbância nas diferentes temperaturas:
Tabela 01 - Valores de absorbância e respectivos logaritmos naturais para 10ºC e 15ºC
Tempo (min) | Abs (10ºC) | ln Abs (10ºC) | Abs(15ºC) | ln Abs (15º C) |
0 | 1,354 | 0,3031 | 1,391 | 0,3300 |
2 | 1,112 | 0,1062 | 1,036 | 0,0354 |
4 | 0,945 | -0,0566 | 0,806 | -0,2157 |
6 | 0,810 | -0,2107 |0,633 | -0,4573 |
8 | 0,696 | -0,3624 | 0,500 | -0,6931 |
10 | 0,602 | -0,5075 | 0,399 | -0,9188 |
12 | 0,525 | -0,6444 | 0,321 | -1,1363 |
14 | 0,457 | -0,7831 | 0,254 | -1,3704 |
16 | 0,400 | -0,9163 | 0,206 | -1,5799 |
18 | 0,350 | -1,0498 | 0,168 | -1,7838 |
20 | 0,308 | -1,1777 | 0,140 | -1,9661 |

Tabela 02 - Valores de absorbância e respectivos logaritmos naturais para 20ºC e25ºC
Tempo (min) | Abs(20ºC) | ln Abs (20ºC) | ABS(25ºC) | ln Abs ( 25 ºC) |
0 | 1,360 | 0,3075 | 1,356 | 0,3045 |
1 | 1,104 | 0,0989 | 1,018 | 0,0178 |
2 | 0,904 | -0,1009 | 0,753 | -0,2837 |
3 | 0,743 | -0,2971 | 0,566 | -0,5692 |
4 | 0,610 | -0,4943 | 0,434 | -0,8347 |
5 | 0,504 | -0,6852 | 0,329 | -1,1117 |
6 | 0,419 | -0,8699 | 0,255 | -1,3665 |
7 |...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Energia de Ativação
  • Energia de ativação
  • energia de ativação
  • Determinção da energia de ativação
  • Relatório Energia de ativação
  • Energia de Ativação e Teoria das Colisões
  • FISQUI
  • fisqui

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!