Klebsiella pneumoniae

Páginas: 16 (3922 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
Klebsiella pneumoniae ( Enterobacteriaceae ) é um patógeno humano oportunista que é responsável por uma proporção significativa de infecções hospitalares do trato urinário , pneumonia, septicemia e infecções de tecidos moles. Devido à sua capacidade de se espalhar rapidamente em um ambiente hospitalar e resistência a múltiplas drogas , esta estirpe é para surtos nosocomiais , geralmente associadacom alta morbidade e mortalidade (5,6) em todo o mundo .
.... A análise de SDS -PAGE (Fig. 1 ) de K. pneumoniae isolados revelou várias bandas de proteínas no intervalo de 30-66 kDa . Os resultados deste estudo indicam que kp3 , KP 6 e Kp 8 linhagens , resistentes ao aztreonam e todas as cefalosporinas (Tabela 1) para a perda de uma porina . No entanto, podemos dizer que este é porina 30-43 gamakDa , sugerindo que pode ser OmpK35 ou OmpK36 . Foi claramente demonstrado que a deficiência de porina contribui para aumentar o nível de resistência a estirpes produtoras de BLEEs ( 3 )
Detectada pela primeira vez nos EUA em 2001, a KPC chegou ao Brasil em meados de 2005. De acordo com o diretor da Sociedade Brasileira de Infectologia Marcos Cyrillo, sua incidência decuplicou nos últimos cincoanos. "De 100 amostras de Klebsiella pneumoniae (bactérias do trato gastrointestinal) analisadas há cerca de cinco anos, 2% eram KPC, ou seja, multirresistentes. No último ano, constatamos que esse número subiu para 20%", destaca.
Klebsiella pneumoniae é importante agente etiológico de infecções no meio ambiente hospitalar e o uso indiscriminado de antimicrobianos de amplo espectro,principalmente cefalosporinas de terceira geração, produz pressão seletiva que favorece a proliferação de isolados produtores de β-lactamases de espectro ampliado (ESBLS).
A família Enterobacteriaceae é constituída por um grupo grande e heterogêneo de bactérias gram-negativas. Os principais gêneros desta família são Klebsiella, Enterobacter, Serratia e Hafnia (Rollins & Joseph, 2000).
O gênero Klebsiellafoi assim designado por Trevisan em 1885, em homenagem a Edwin Klebs, microbiologista alemão. Trevisan também foi responsável pela descrição da espécie K. pneumonia (Umed, 2002; Martinez et al, 2004). Historicamente a classificação das espécies de Klebsiella foi baseada em suas características patogênicas ou quanto a sua origem. Posteriormente foram classificadas de acordo com suascaracterísticas relativas à utilização do substrato e atividades das enzimas. Finalmente, os estudos de biologia molecular permitiram a identificação de novas espécies e a reclassificação das já existentes, alterando a taxonomia deste gênero. O gênero Klebsiella foi definido por sequenciamento do ácido desoxirribonucléico ...

K. pneumoniae é um bastonete gram-negativo aeróbio facultativo, mas com melhorcrescimento em condições aeróbias, não esporulado e cujo tamanho varia de 0,3 a 1 μ de diâmetro e 0,6 a 6μ de comprimento, é imóvel, produz colônias grandes e gomosas quando cultivadas em placas com nutrientes. No ágar MacConkey, produz colônias róseas, brilhantes, com aspecto elevado e de consistência mucóide. As colônias formadas são grandes devido à cápsula mucóide polissacarídica(Antígeno K) que protege contra a fagocitose por granulócitos, contra a ação de fatores bactericidas do soro e ainda tem função de auxiliar na aderência (Umed, 2002; Martínez et al, 2004).

K. pneumoniae, por sua vez, foi isolada da boca de indivíduos com ou sem doença periodontal e em orofaringe de portadores assintomáticos. A colonização da orofaringe é fonte de infecções pulmonares em pacientesdebilitados por alcoolismo, diabetes e portadores de doenças pulmonares crônicas. As infecções causadas por Klebsiella spp. tendem a ocorrer em pessoas com sistema imunitário deprimido sendo responsável por alta taxa de mortalidade. Dentre as síndromes clínicas mais freqüentes citam-se: pneumonia, infecções do trato urinário e de feridas, bacteremia, rinite crônica atrófica, artrites,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • klebsiella pneumoniae
  • Klebsiella pneumoniae
  • Klebsiella pneumoniae
  • Klebsiella pneumoniae produtora de carbapenemase.
  • KPC
  • KPC
  • Klebsiella pneumoniae produtora de carbapenemase: uma revisão da literatura
  • DISSEMINAÇÃO DA Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC) E O DESAFIO NA IDENTIFICAÇÃO A ESSE PATÓGENO...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!