Kant

Páginas: 2 (328 palavras) Publicado: 6 de março de 2013
Graciliano Ramos

Graciliano Ramos (1892-1953) é considerado um dos mestres do Regionalismo. Suas obras passam-se no NE do Brasil e falam diretamente do povo nordestino, da seca, da realidadeenfim, com uma linguagem direta e típica da região. Apesar de também Ter sido contista e cronista, é como romancista que se destaca. Graciliano Ramos nasceu no interior do estado do Alagoas, mas suafamília se mudou várias vezes, peregrinando pelo interior do Nordeste. Mais tarde mudou-se para o RJ e depois de volta a Palmeira dos Índios (AL), cidade onde realizou seus estudos. Lá casou,estabeleceu-se no comércio e chegou a ser prefeito da cidade. Foi nessa época que foi descoberto como o romancista que foi: escrevera também o relatório que um editor desconfiara tratar-se de umromancista de gaveta. Estava certo: Graciliano Ramos estava escrevendo havia anos seu primeiro romance, Caetés, com o qual estrearia em sua carreira literária aos 41 anos (relativamente tarde). Na mesmaépoca de publicação do livro ele completou São Bernardo, primeira obra da trilogia que é sua obra-prima e inclui Angústia e Vidas Secas. Em 1936 foi acusado de comunista e mandado para a prisão, ondefoi humilhado e destratado (o fruto disso seria o livro de memórias chamado Memórias do Cárcere). Em 1945 ele realmente se filiou ao PC e chegou a visitar países além da Cortina de Ferro. Váriasdas obras de Graciliano Ramos já foram para os cinemas através de consagrados diretores brasileiros.

Rachel de Queiroz

Rachel de Queiroz nasceu em 1910 e foi a primeira mulher eleita para aABL (em 1977). Poetisa, cronista e teatróloga, sobressaiu-se como romancista e regionalista. Rachel de Queiroz tem em sua ficção a preocupação de mostrar tanto os problemas sócio-políticos do NE doBrasil como também fazer análises psicológicas. Sucesso de crítica e público, entre suas obras mais famosas encontram-se ''O Quinze'', ''Caminhos de Pedra'', ''Três Marias'' e ''Memorial de Maria...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Kant
  • Kant
  • kant
  • kant
  • Kant
  • Kant
  • KANT
  • kant

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!