juventude

Páginas: 15 (3583 palavras) Publicado: 27 de novembro de 2014

A criança tímida e retraída
Maria Inês Monjas-Casares
Doutora em Psicologia. Professora da Universidade de Valladolid - Espanha.
Vicente E. Caballo
Doutor em Psicologia. Professor da Universidade de Granada, Departamento de Personalidad, Evaluación y Tratamiento Psicológico - Espanha.
Maria Luiza Marinho
Doutora em Psicologia Clínica. Professora da Universidade Estadual de Londrina,Departamento de Psicologia Geral e Análise do Comportamento - Brasil.
Endereço para correspondência: 
Maria Luiza Marinho
Caixa Postal 7011 
CEP 86047-990 
Londrina - PR.
Fone/Fax: (43) 371-4227
E-mail: luizamarinho@onda.com.br

Unitermos: crianças tímidas, timidez infantil


Sumário
...a timidez e o retraimento social na infância têm conseqüências negativas para o sujeito.

Numeraçãode páginas na revista impressa: 196 à 201

Introdução

As crianças que se relacionam muito pouco com seus pares (com menos freqüência do que é a norma para seu grupo de idade), que tendem a evitar contato social e apresentam, além disso, ansiedade e medo diante dos demais, são rotuladas como tímidas e retraídas. 

A timidez na infância é um fenômeno ao qual se presta pouca atenção ou atençãoinsuficiente, por parte tanto das famílias como de professores e outros profissionais que trabalham com crianças. Da mesma forma, na bibliografia científica se constata uma certa ausência de investigações, em contraste com a proliferação de esforços dedicados a outros aspectos da competência social.

Observa-se, ainda, que as famílias de crianças tímidas geralmente não procuram ajuda terapêuticae, quando o fazem, costuma ser muito tempo depois do que ocorre quando crianças apresentam problemas do tipo externalizante. Muitos pais acreditam firmemente que seu/sua filho/filha nasceu assim, que é assim e se resignam com isso. Também, em muitos casos, crêem que é um problema que melhorará com a idade.

No contexto escolar, nessa mesma direção, professores qualificam essas crianças comoquietas e medrosas, mas, no entanto, geralmente não as identificam como indivíduos com problemas, já que os comportamentos que apresentam não são perturbadores. Assim, crianças retraídas costumam não ser percebidas como tendo dificuldades e, em determinadas ocasiões, chegam a ser valorizadas como bons alunos e podem ter seu comportamento retraído e tímido reforçado ("Veja como seu colega está quieto!Espero que aprenda com ele! É uma criança encantadora, muito tranqüila e obediente"). 

Constata-se que, em geral, professores solicitam menos orientações sobre como lidar com crianças tímidas do que com as que apresentam comportamentos abertos e disruptivos, mesmo tendo-se demonstrado, repetidamente, que a timidez é um importante preditor de problemas futuros e que sua incidência é tão elevadaquanto a daqueles outros comportamentos (Achenbach e Edelbroch, 1982). 

Assim sendo, parece relevante que profissionais que trabalham com crianças e famílias devam ser alertados para o fato de a timidez e o retraimento social serem comportamentos de risco na infância, conforme indicam descobertas de investigações realizadas nas últimas décadas sobre a competência social.

Em primeiro lugar,é importante destacar que os estudos indicam que as relações entre colegas, na infância, contribuem significativamente para o desenvolvimento do funcionamento interpessoal adequado e proporcionam oportunidades únicas para a aprendizagem de habilidades específicas, que não podem ser obtidas de outra forma, nem em outros momentos (Monjas e Caballo, 2000). 

Atualmente, é unanimemente aceito, pordistintos profissionais da área educacional, clínica e da saúde, que a habilidade de interagir adequadamente com os pares e com os adultos significativos é um aspecto importante no desenvolvimento infantil, tendo em vista que a interação com os colegas é o foro no qual se desenvolvem as habilidades sociais. Nesse sentido, as crianças que não se relacionam com seus companheiros estão privadas da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • juventude
  • Juventude
  • juventude
  • Juventude
  • Juventude
  • juventude
  • Juventude
  • Juventude

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!