Jovens rurais e atividades autogestionárias

9976 palavras 40 páginas
A inserção de jovens rurais em atividades sócio-produtivas de natureza autogestionária

Sabrina Kelly Nogueira Falcão Soares1

1 Mestre em Extensão Rural e Desenvolvimento Local. Universidade Federal Rural de Pernambuco. E-mail: sabriniana@hotmail.com 2 Professor Associado da Universidade Federal Rural de Pernambuco. E-mail: paulodej@terra.com.br

3 Doutorando em Zootecnia. Universidade Federal Rural de Pernambuco. E-mail: rerissonzte@yahoo.com.br

Paulo de Jesus2

Rerisson José Cipriano dos Santos3

Resumo

O objetivo desse estudo é analisar como e por que jovens de contextos rurais se inserem em atividades sócio-produtivas de natureza autogestionária. Realizou-se um estudo de caso na
Cooperativa de Adolescentes e Jovens do Setor de Artesanato do Meio Rural, Pernambuco, contextualizando uma análise da participação e da relação do cooperado com a cooperativa.
Aplicou-se um questionário padronizado, pesquisa participante, levantamento documental e entrevistas. A análise foi realizada tendo como perspectiva teórica a autogestão e a participação.
Os jovens se inserem em atividades autogestionárias com o objetivo de garantir renda para obtenção de maiores ganhos, atuando em conjunto com grupos de jovens, associações comunitárias e organização não-governamental, além da participação na cadeia produtiva, o que permite que os jovens tenham o controle e o reconhecimento da propriedade coletiva e dos ganhos sem a intervenção da figura de um patrão na gestão da atividade sócio-produtiva.

Palavras-Chave: cooperativa, economia solidária, jovens rurais, participação e pluriatividade.

Abstract

The objective of this study is to analyze how and why young people of rural contexts are ambedded in social-productive nature of self-managed. A case study was become in Adolescents and Young Cooperative Sector in the Rural Crafts, Pernambuco, putting in an analysis of participation and the cooperative relationship

Relacionados

  • Alternativas da Gestão Social Diante da Crise do Trabalho.
    883 palavras | 4 páginas
  • Economia
    3746 palavras | 15 páginas
  • Efeitos das tecnologias do cepfs, como alternativa para superação da pobreza, na comunidade de santo agostinho, teixeira – pb
    6218 palavras | 25 páginas
  • relatorio
    3858 palavras | 16 páginas
  • Portugues
    1346 palavras | 6 páginas
  • CONHECIMENTO, AUTOGESTÃO E DESENVOLVIMENTO: A influência da era do conhecimento no cooperativismo como fomento de desenvolvimento regional
    14472 palavras | 58 páginas
  • Desenvolvimento sustentavel
    1891 palavras | 8 páginas
  • Portifólio sistema
    2356 palavras | 10 páginas
  • VALERIA ARTIGO
    5303 palavras | 22 páginas
  • mulheres na economia solidaria
    11175 palavras | 45 páginas