JORNALISMO

Páginas: 5 (1184 palavras) Publicado: 4 de novembro de 2014
Luanna Martins e Natália Petroni
2° Jo C- Professor Sérgio Villas Boas.
Vida de Repórter
“Rotina? Ah, isso não existe na minha vida!”. Chegar cedo, sair tarde, verificar a pauta e o destino. Agora sim, rua! Trânsito, trânsito, trânsito. Fazer entrevistas, matérias, links ao vivo, passar perrengue- mas se divertir, e muito. Voltar para a redação – trânsito, trânsito, trânsito (“é, isso tenhoque admitir que é bem chato”)- rever e por fim editar as matérias, tudo isso “para que a pessoa assista a reportagem completinha em casa”.
Na profissão de repórter tudo pode acontecer e na vida de Viviane Cezarino também: “Quando a gente vai para rua, é sempre bom esperar que tudo dê errado, mas a galera se ajuda muito. Por isso a equipe de rua se transforma em uma família e sempre dizemos queo acontece na rua fica na rua!”, diz a sorridente e animada jornalista da TV Alesp, principal veículo de comunicação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.
Quando ela não está na rua, cobrindo pautas sobre acontecimentos e projetos que correm dentro do parlamento paulista, está pautando a agenda: produzindo matérias, cobrindo audiências públicas, frentes parlamentares, plenários,comissões, CPIs... Enfim, tudo o que envolve o trabalho dos deputados de São Paulo e que a população precisa acompanhar e reivindicar. Não é por menos que o diretor da TV Alesp, Paulo Rona, repete para quem quiser ouvir: “A Vivi? Essa mulher é fera, repórter de prima! A gente se conheceu antes dela trabalhar aqui, por amigos em comum na profissão e sempre se mostrou uma mulher incrível”.
Mas sua vidapessoal é sua prioridade máxima: “Meu filho é tudo. Ele me faz querer ser uma pessoa melhor todos os dias”. Pedro, que faz aniversário em 24 de Agosto e acaba de completar oito anos, está no segundo ano do Ensino Fundamental, tem os cabelinhos pretos como os da mãe, mas Viviane fala que ele é mesmo a cara do pai. Ao ser perguntada sobre seu atual estado civil, responde espontaneamente “Souseparada algum tempo e gostaria de não falar muito sobre isso, tudo bem?”
Nasceu em Ribeirão Preto, em 10 de Abril de 1974. Filha mais velha de três irmãs, seu pai, Seu Jorge e sua mãe, Cidinha, casaram-se cedo, por pressão da família. Seu pai faleceu em 2002, no dia da final da Copa do Mundo entre Brasil e França. A mãe continuou a morar na antiga casa, com as duas filhas mais novas, Bárbara e Vitória,que estudam, ambas, medicina na universidade da cidade. Todas sentem muitas saudades da irmã mais velha, mas admiram sua coragem por aventurar-se em uma profissão muitas vezes incerta.
A carreira televisiva sempre foi uma pretensão em sua vida profissional, conta enquanto meche insistentemente no comprido cabelo, tentando desembaraçar uma mecha. Sua experiência na área começou no segundo ano degraduação, na TVT, jornal realizado pela Universidade de Ribeirão Preto, onde se formou no ano de 1998. Quando estava no 4º ano surgiu sua primeira oportunidade efetiva como repórter, na Rede Família, filial da Rede Record. Fazia matérias sobre política e economia e era escalada para as áreas de cultura, que também sempre foi assunto pelo qual se interessou.
Daquele ano em diante um longo caminhofoi traçado, passando pela TV Clube, filial da Band em Ribeirão Preto e também pela Rede Amazônica, filial da TV Globo em Brasília. Sempre gostou muito da área de política e foi delimitando-se apenas a esse assunto ao longo dos anos. Nas estantes de sua simpática sala de estar, decorada em tons de azul e branco, vemos de longe títulos como “Raízes do Brasil” ou “A integração dos negros nassociedades de classe” e umas tantas outras biografias e autobiografias.
“Sempre me interessei pela área, fui pesquisando e acabei pegando gosto. Sinto que a população carece de ter mais informações sobre o tema, já que a política está envolvida em todos os momentos da nossa vida, até na hora em que a dona de casa vai à reunião do condomínio e vota em escolher o síndico do seu prédio. Trabalho...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • jornalismo
  • jornalismo
  • Jornalismo
  • Jornalismo
  • Jornalismo
  • Jornalismo
  • Jornalismo
  • jornalismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!