Jornalismo

324 palavras 2 páginas
Censura

A censura pode ser dividida em dois tipos: a prévia e a autocensura. Nos tempos da ditadura, a maioria da imprensa realizou a segunda forma, pois assim não sofria os sansões do governo nos seus impressos. Alguns jornais que foram submetidos a um censor do Estado na época foram O Pasquim, O Estado de São Paulo, Veja, entre outros. Formalmente, nos dias atuais, não existe censura no Brasil. No entanto, há a possibilidade de retirar notícias, reportagens com o amparo judiciário. Por exemplo, o caso do Fernando Sarney com o jornal Estadão: o político era acusado de corrupção e conseguiu retirar a notícia por meio da justiça. É uma forma de censura legitimada pela sociedade.

A forte censura de Vargas

Os anos 30 foram marcados pela censura, perseguição de jornalistas e empastelamentos de jornais. Em 1929 é formada a Aliança Liberal, tentativa de políticos de Minas e do Rio Grande do Sul de apoiar a candidatura de Getúlio Vargas (política do “café com leite”). O Diário Carioca, importante jornal da época, decide apoiar a candidatura varguista, contudo com o não encerramento da censura passa a ser opositor do então presidente. A imprensa passa a ficar dividida politicamente: alguns jornais defendem a reconstitucionalização e outros a continuidade do governo provisório.

A influência de revistas em decisão política

As revistas “IstoÉ” e “Veja” estiveram envolvidas no Impeachment do presidente Fernando Collor. Em maio de 1992, a “Veja” publicou uma entrevista com Pedro Collor, irmão do então presidente, impactando a sociedade com a declaração de que este era sustentado pelo tesoureiro de campanha, Paulo César Farias, e que estava envolvido com esquema de extorsão e cobranças de propinas.
Após a denúncia ser negada pelo governante, a revista “IstoÉ” confirmou o crime político através de uma entrevista realizada com o motorista do secretário particular de Fernando Collor.

Relacionados

  • Jornalismo
    1316 palavras | 6 páginas
  • jornalismo
    2142 palavras | 9 páginas
  • jornalismo
    760 palavras | 4 páginas
  • JORNALISMO
    1038 palavras | 5 páginas
  • Jornalismo
    4943 palavras | 20 páginas
  • O que é jornalismo
    635 palavras | 3 páginas
  • Jornalismo
    898 palavras | 4 páginas
  • jornalismo
    265 palavras | 2 páginas
  • jornalismo
    1379 palavras | 6 páginas
  • Jornalismo
    442 palavras | 2 páginas