John Dewey - Experiência e Educação - Resumo

Páginas: 8 (1926 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014











John Dewey
“Experiência e Educação”











Resumo Elaborado por:
Carlos Fernando M. Costa
Experiência e Educação

Em “Experiência e Educação”, John Dewey faz uma divisão da temática em oito capítulos. Decidi fazer uma reflexão capítulo a capítulo dado que o livro abrange várias ideias que se interligam.
CAPÍTULO I – Educação tradicional versus educação“nova” ou “progressiva”
No capítulo I – Educação tradicional versus educação “nova” ou “progressiva”, o autor concentra a sua crítica nos modelos de educação, começando pelo tradicionalista, em que o esquema do mesmo «de cima para baixo e de fora para dentro», impõe padrões, matérias de estudo e métodos de aprendizagem demasiado maduros e adultos, para jovens ainda em crescimento. Dewey, criticao fato do modelo tradicional, não permitir aos alunos uma participação mais ativa no desenvolvimento do que se é ensinado, o ensino de um «produto acabado», «ligado ao passado» e que não consegue dar resposta aos «apelos dos alunos» é um sistema demasiado fechado e por si só um problema.
A educação “nova” ou “progressiva”, hipoteticamente seria a “resposta” ao modelo tradicionalista, o cultivoda «individualidade», a «atividade livre», o «aprender por experiência» e a aquisição de técnicas e habilidades como meio para atingir fins que respondem aos apelos diretos e vitais do aluno, seriam porventura a solução e como o próprio autor afirma, a «oposição» clara ao tradicionalismo, porém este sistema não se coíbe de ter diversas falhas, porque Dewey afirma que não há exatamente umalimitação, um controlo físico sobre até que ponto o aluno tem “liberdade” e “autonomia” e até quando se pode englobar a experiência. A mera oposição à educação tradicionalista não é então a solução, é tão ou mais falível do que o próprio tradicionalismo educativo, não podemos simplesmente descartar o modelo tradicional e construirmos um “novo”.

CAPÍTULO II – A necessidade de uma teoria da experiênciaNeste capítulo, Dewey centra-se na ideia de experiência e na oposição clara à organização, que tende a ser ostracizada por esta ser inteiramente ligada ao tradicionalismo, embora o autor compreenda este fato mas não concorde plenamente.
Dewey fala da experiência na educação tradicional, na ideia de que embora se pense, os alunos têm efetivamente experiências neste modelo, mas experiências estas quepodem ser positivas mas que em grande parte acabam por ter também elas (por vezes) efeitos contrários, provocando negativismo. A incapacidade para controlar a experiência no tradicionalismo, faz com que a implementação dos ideais empíricos e experimentais, sejam postos em causa, isolando-os e refutando-os como possível solução ao tradicionalismo, há um receio e uma fuga clara à organização destetipo porque estabelece-se quase instintivamente uma ligação à educação tradicional, embora Dewey ache que o modelo experimental e de «empíricismo» seja, uma resposta à artificialidade do tradicionalismo.

CAPÍTULO III – Critérios de Experiência
Neste capítulo, o autor começa por evidenciar o que se entende por critérios de experiência e como esta se manifesta.
O princípio da continuidade daexperiência pressupõe que as experiências são cumulativas e na medida em que se vive uma experiência a pessoa altera e acumula conhecimentos e também as próximas experiências serão adquiridas com um nível mais elevado.
Dewey, afirma que a experiência é um fenómeno social pois exige contato e comunicação, e o papel do professor é de organizar e direcionar as experiências dos mais jovens para dar umaeficiência elevada no processo de aprendizagem, e também uma direção positiva, evitando as propaladas experiências negativas do ensino tradicional.
O autor defende que «o ambiente externo influência a experiência», o educador deve saber usar do meio escolar e tratar as crianças de acordo com as experiências que elas já viveram. Na escola tradicional devido à rigidez experimental, esta...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Experiência e educação john dewey
  • Resumo
  • Resumo John Dewey
  • Metodologia da educação de john dewey
  • A contribuição de john dewey à educação
  • O conhecimento e a experiência educativa segundo John Dewey
  • As contribuições de Anísio Teixeira e John Dewey para a Educação
  • John Dewey

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!