Islamismo, visão ocidental e reflexões

Páginas: 16 (3781 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013
Islamismo, Visão ocidental e Reflexões.



Resumo

O presente trabalho procura discutir e mostrar o ponto de vista da comunidade muçulmana dentro de um panorama mundial onde cada vez mais o povo dessa religião vem sofrendo com diversas ações e imposições, muitas vezes tidas como “medidas de segurança” por governos e pessoas visando o próprio bem- estar. E entender com isso, toda a culturaque foi gerada entorno da religião muçulmana, do Islamismo e seus seguidores, como sendo eles os responsáveis pelo terrorismo no mundo e como o mundo mudou para eles em relação a isso, de que maneira suas vidas mudaram e o que essas mudanças acarretaram.

Palavras chave: Islamofobia. Religião. Terrorismo. Preconceito. Islã.

1. Introdução

A escolha do tema deste artigo busca mostrar oponto de vista sobre as mudanças que o mundo sofreu depois dos principais ataques terroristas da história, o 11 de Setembro por uma perspectiva islâmica e não ocidental.
A decisão em trabalhar com este tema foi a motivada pela curiosidade de saber o porquê de um sentimento de “islamofobia” cresce cada vez mais nas pessoas após os ataques sem nem conhecer aquilo que as fazem temer, criando aimpressão de que todos os muçulmanos podem querer, explodir, matar ou morrer por sua crença religiosa.
Devido as várias questões que surgem sob este panorama é preciso entender em que essas pessoas, muçulmanas pensam sobre esses acontecimentos e o que o islamismo, a sua religião diz a respeito deles.
Entender quem são os extremistas dispostos a matar e morrer e quem são apenas cidadãos comuns em plenoséculo XXI que só querem viver em paz.


A organização deste artigo apresenta-se da seguinte forma: Após a introdução, a seção dois oferece uma breve revisão de conceitos sobre o Islã , enfocando quem são essas pessoas temidas por todo o mundo e por que isso acontece.
A seção três revisa os atentados terroristas de 11 de Setembro de 2001, e o que mudou após eles, e o impacto na vida dascivilizações islâmicas.
A seção quatro trata sobre o levante de um povo pacífico nos dias de hoje através da Primavera Árabe, o papel do muçulmano e as conquistas obtidas.
A seção cinco apresenta as considerações finais, e conclusão deste trabalho resumindo os principais pontos abordados e a sugestão de um convite a reflexão em se tratando de preconceito,religião, terrorismo e islamismo, seguida dasReferências bibliográficas e Referências Consultadas.



2. Islamismo, conceitos e ideais.

Logo que começaram a surgir as primeiras informações a respeito de uma responsabilidade de radicais islâmicos acerca dos atentados terroristas de 11 de Setembro nos Estados Unidos, o mundo então passou a se perguntar, sobre quem seriam essas pessoas e por que elas estariam fazendo aquilo.
Quem seriamaqueles que num ato de radicalismo jogariam um avião contra um edifício, ou então poderiam se vestir em armamentos explosivos e detornar-se em meio a uma multidão no centro de grandes cidades como Israel. Que poderiam encher carros com equipamentos altamente explosivos e jogá-los contra muros de acampamentos militares, quartéis?
Quem é enfim essa gente que mata em nome de Alá e grita isso aosquatro ventos?
Através de cálculos, estima-se que hoje em dia exista em torno de 1,3 bilhão de islâmicos em todo o mundo, de muçulmanos divididos em várias ramificações religiosas, correntes e células. E quanto dessas correntes estariam dispostas a entregar a própria vida por aquilo que acreditam, pela causa pela qual tanto lutam.
Esses são islâmicos que passaram a integrar o que podemos chamar decélulas mais extremas da religião,os extremistas. Como os Siitas no Líbano e os Sunitas no Afeganistão, povos estes que o suicídio passa a ser visto como uma ferramenta para se tornar mártir e a morte em nome de Alá, passa a se tornar uma forma completa de amor ao divino.
Em contrapartida, a grande maioria dos muçulmanos repudia completamente esse tipo de ataque suicida e considera tal ato um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • REFLEXOLOGIA UMA VISÃO OCIDENTAL
  • Visão retrospectiva da tradição da ética ocidental
  • O islamismo sob a formação dos imperios no Sudão ocidental
  • REFLEXÕES SOBRE A ESCRITA NA ORIGEM CULTURA OCIDENTAL
  • O TRATAMENTO DA INSÔNIA NA VISÃO DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E OCIDENTAL
  • Reflexões sobre saúde e enfermidades na visão espírita
  • REFLEXÕES SOBRE OS 4 DISCURSOS DE ARISTÓTELES NA VISÃO DE OLAVO DE CARVALHO – UMA ANALISE CRITICA
  • Islamismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!