Introduçao a engenharia

Páginas: 6 (1323 palavras) Publicado: 6 de novembro de 2012
FACULDADES INTEGRADAS FACVEST
CURSO DE PEDAGOGIA 2ª FASE C
SUÉLEM APARECIDA DA COSTA

EDUCAÇÃO CATARINENSE

LAGES
2012
SUÉLEM APARECIDA DA COSTA

EDUCAÇÃO CATARINENSE

Trabalho apresentado ao Centro Universitário FACVEST, como parte dos requisitos para a avaliação da disciplina: Educação Brasileira: Sistemas e Politicas II
Prof. MSc. Ricardo Leone Martins

LAGES
2012

SUÉLEM APARECIDA DA COSTAEDUCAÇÃO CATARINENSE

Trabalho apresentado ao Centro Universitario FACVEST, como parte dos requisitos para a avaliação da disciplina: Educação Brasileira: Sistemas e Politicas II
Prof. MSc. Ricardo Leone Martins

Lages, SC 12/11/2012. Nota_____ _______________________

____________________________________________________________
Prof. MSc. Renato Rodrigues, Coordenador do Curso de PedagogiaLAGES
2012
EDUCAÇÃO CATARINENSE

SUÉLEM APARECIDA DA COSTA¹

Ricardo Leone Martins²

RESUMO

No Estado de Santa Catarina, os núcleos populacionais de imigrantes estrangeiros desenvolveram-se, quase sempre, relativamente isolados geograficamente e distantes do contato com as populações brasileiras. Segundo as características culturais do pais de origem e da classe social a que pertenciam, essaspopulações ora valorizavam a instrução ministrada pelas escolas, ora não viam no saber ler e escrever, função diversa que a vigente na população luso-brasileira. Para Santa Catarina, a atuação das escolas de zonas coloniais relacionou-se marcantemente com a sua integração social, entendido o termo como “ajustamento recíproco de grupos de modo a formar uma sociedade organizada”.

Palavras-chave:Educação Catarinense

____________________________
¹ Acadêmica da 2ª fase “C” do Curso de Pedagogia do Centro Universitário FACVEST.
Professor de Metodologia da Pesquisa do Centro Universitário FACVEST

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 06
1. EDUCAÇÃO CATARINENSE 07
1.1 Reforma da Trindade de 1935 07
1.2 Escola nova em SC 07
1.3 Elpidio Barbosa 07
1.4 Avanço progressivo 08
1.5 Movimento da democratização 091.6 Politicas públicas atuais 09
CONCLUSÃO 10
REFERENCIAS 10

INTRODUÇÃO

Pode-se dizer que, a partir do ano de 1911 até 1938, foi marcante a influência das concepções de Orestes Guimarães, nas diretrizes da politica nacionalizadora do ensino do Estado de Santa Catarina. Nesse período de tempo, sofreram modificações as tomadas de posição de Governo Estadual, frente ao tema nacionalização doensino primário. Mas, em geral, se comparada com a ação nacionalizadora do Estado de São Paulo e do Distrito Federal, a politica de ensino catarinense podia ser considerada de cunho liberal. Assim, naquelas duas unidades de federação, afastava-se do magistério o professor de nacionalidade estrangeira. Já em Santa Catarina ele podia lecionar, uma vez que dessas provas de habilitação profissional edemonstrasse domínio da língua vernácula; a nacionalidade do professor não se constituía em problema, desde que ele fosse eficiente na atividade docente.

1. EDUCAÇÃO CATARINENSE

1.1 O que foi a reforma da trindade ocorrida em 1935?

Considera-se que a reforma educacional do Governo Vidal Ramos iniciada por Orestes Guimarães, manteve os aspectos básicos de sua estrutura até o ano de 1935. Nessaocasião, ocorreram alterações na filosofia e politica educacional do Estado, que consubstanciaram uma nova reforma do ensino publico de Santa Catarina. Em harmonia com o momento histórico, essa nova reforma inspirou-se nas diretrizes traçadas pelo VI Congresso de Educação realizado na cidade de Fortaleza, mais também sofreu forte influencia do sistema de ensino de Distrito Federal, remodelado porFernando de Azevedo, em 1928. A reorganização do ensino catarinense efetuada no ano de 1935 concretizou-se sob a égide intelectual do professor Luiz Sanchez Bezerra da Trindade, responsável pela já antiga Diretoria da Instrução Publica, em vista disso, é também conhecida como “reforma trindade”.

1.2 Quais foram as potencias surgida com a escola nova em SC?

Nessa fase histórica, havia polemica...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • introdução a engenharia
  • introducao a engenharia
  • Introduçao a engenharia
  • introdução a engenharia
  • introdução a engenharia
  • Introdução a Engenharia
  • Introdução a engenharia
  • Introdução a engenharia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!