Introduçao a economia

Páginas: 19 (4624 palavras) Publicado: 18 de maio de 2011
[pic]
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SUPERIOR DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

A ECONOMIA BRASILEIRA

URUGUAIANA

A ECONOMIA BRASILEIRA

Trabalho apresentado ao Curso (Bacharelado em Administração) da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina [Introdução à Economia].

Orientador: Prof. WilsonSalvalagio

URUGUAIANA

Introdução

A economia brasileira passou por várias fases, todas elas deixaram marcas que até hoje podem ser facilmente identificadas, mas para isso se faz necessário a leitura de um texto que resumidamente nos mostrará as adversidades governamentais econômicas em nosso país; e o quanto isso o atrasou, economicamente falando, perante as grandes potências mundiais.A década de setenta, como virá a ser dito, foi uma época onde parecia que finalmente o Brasil iria se tornar uma potência mundial, o Estado investia pesado nos mais diversos setores. Porém todo esse investimento teve um custo, o aumento acelerado da divida externa.
Depois veio a década de oitenta, conhecida como a “década perdida”, sua chegada marcou a total desorganização daeconomia e a alta descontrolada da inflação. Foram os mais variados planos econômicos para tentar contê-la, todos em vão.
Até que na década de noventa, mais precisamente em 1994, entra em ação no Brasil o Plano Real, trazendo a estabilidade almejada, a inflação finalmente entra em estágio de controle.
Nos dias atuais nossa economia é considerada estável, porém ainda somos um mercadoduvidoso, a respeito de investimentos estrangeiros.
São essas diferenças e problemas dos últimos trinta anos, do campo econômico brasileiro, que serão apresentados nesse trabalho, à todos que o lerem verificaram as mais diferentes técnicas para driblar a inflação e desenvolver um país como o Brasil.

A economia brasileira que abordaremos tem inicio nos meados da década de setenta, noperíodo militar, quando o governo estava à procura de como fazer do Brasil uma “potência emergente”.
Durante a década de 1970, no Brasil, o processo de financiamento dos investimentos seguiu o padrão clássico dos primeiros estágios de desenvolvimento, em que o investimento total era função do endividamento externo e do investimento estatal.
Em 1974, o investimento externo rondava os22% do investimento total, enquanto o investimento estatal se ficava em torno dos 27%. É necessário, porém admitir que o investimento estatal fosse superior a este valor, uma vez que além de investir diretamente ou através das empresas estatais, o Estado subsidiou fortemente o investimento privado. Mas havia subsídios para uma série de atividades, nomeadamente subsídios para exportação, créditosubsidiado, subsídios fiscais para setores da indústria, regiões e preços artificialmente baixos de bens e serviços produzidos pelas empresas estatais, sobretudo os preços do aço e da energia elétrica.
O Brasil ganhou a reputação de "economia do milagre" logo no início da década quando o governo daquela época, seguindo o I Plano Nacional de Desenvolvimento (PND), estabeleceu metas por setoresde atividade econômica e o país crescia num clima de estabilidade apreciável. Essa estabilidade econômica permitiu uma expansão industrial admirável durante dez anos seguidos, colocando o Brasil entre as nações líderes na industrialização e elevando nosso Produto Nacional Bruto (PNB) para o décimo lugar entre todas as nações do mundo.
E para chegar a tanto, o governo investia pesado eminfra-estrutura (rodovias, ferrovias, telecomunicações, portos, usinas hidrelétricas, usinas nucleares), nas indústrias de base (mineração e siderurgia), de transformação (papel, cimento, alumínio, produtos químicos, fertilizantes), equipamentos (geradores, sistemas de telefonia, máquinas, motores, turbinas), bens duráveis (veículos e eletrodomésticos) e na agroindústria de alimentos (grãos,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Introdução á economia
  • Introduçao a economia
  • introducao a economia
  • introdução a economia
  • Introdução à Economia
  • Introdução a economia
  • Introdução a economia
  • Introdução a economia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!