Introdução a moral

Páginas: 15 (3643 palavras) Publicado: 22 de maio de 2012
Introdução à moral
"A verdadeira moral zomba da moral." (Pascal)
1. Introdução
Quando olhamos as pessoas e as coisas, estamos constantemente fazendo juízos de valor. Esta caneta é ruim, pois falha muito. Esta moça é atraente. Este vaso pode não ser bonito, mas foi presente de uma pessoa que estimo bastante; por isso, cuidado para não quebrá-lo! Gosto tanto de dia chuvoso, quando não precisosair de casa! Acho que João agiu mal não ajudando você.
Isso significa que fazemos juízos de realidade, dizendo que esta caneta, esta moça, este vaso existem, mas também fazemos juízos de valor, pois descobrimos nessas realidades um conteúdo que mobiliza nossa atração ou nossa repulsa. Nos exemplos, referimo-nos a valores que encarnam a utilidade, a beleza, a bondade.
Estes valores são, numprimeiro momento, herdados por nós.
O mundo cultural é um sistema de significados já estabelecidos por outros, de tal modo que aprendemos desde cedo como nos comportar à mesa, na rua, diante de estranhos; como, quando e quanto falar em determinadas circunstâncias; como andar, correr, brincar; como cobrir o corpo e quando desnudá-lo; qual o padrão de beleza; que direitos e deveres temos. Conformeatendemos ou transgredimos certos padrões, nossos comportamentos são avaliados como bons ou maus.
A partir daí, as pessoas podem nos recriminar por não termos seguido as normas da boa educação ao não ter, cedido lugar a uma pessoa mais velha; ou nos elogiar por sabermos escolher as cores mais bonitas para a decoração de um ambiente; ou nos admoestar por termos faltado com a verdade. Nós própriospodemos nos alegrar ou sentir remorsos por uma ação praticada. Isso quer dizer que o resultado de nossos atos está sujeito à sanção, ou seja, à recompensa ou à punição, nas mais diversas intensidades, desde "aquele" olhar da mãe até a coerção física (isto é, a repressão pelo uso da força).
Embora haja diversos tipos de valores (econômicos, vitais, lógicos, éticos, estéticos, religiosos), vamosconsiderar aqui apenas os valores éticos ou morais.
A ética ou filosofia moral é a parte da filosofia que se ocupa com a reflexão a respeito dos fundamentos da vida moral. Essa reflexão pode seguir as mais diversas direções, dependendo da concepção de homem que se toma como ponto de partida. Então, à pergunta "O que é o bem e o mal?", respondemos diferentemente, se o fundamento da moral estiver na ordemcósmica, na vontade de Deus ou em nenhuma ordem exterior à própria consciência humana.
Podemos perguntar ainda: Há uma hierarquia de valores? Se houver, o bem supremo é a felicidade? É o prazer? É a utilidade?
Por outro lado, é possível questionar: Os valores são essências? Têm um conteúdo determinado, universal, válido em todos os tempos e lugares? Ou, ao contrário, são relativos — "verdadeaquém, erro além dos Pireneus" —, como dizia Pascal? Ou, ainda, haveria possibilidade de superação dessas duas posições contraditórias?
As respostas a essas e outras questões nos darão as diversas concepções de vida moral elaboradas pelos filósofos através dos tempos.
2. Caráter histórico e social da moral
Inicialmente, consideremos a moral como o conjunto de regras que determinam o comportamentodos indivíduos na sociedade.
Exterior e anterior ao indivíduo, há uma moral constituída, que orienta seu comportamento por meio de normas. Em função da adequação ou não à norma estabelecida, o ato será considerado moral ou imoral.
É de tal importância a existência do mundo moral, que se torna impossível imaginar um povo sem qualquer conjunto de regras. Podemos dizer que uma das característicasfundamentais do homem é ser capaz de produzir interdições. O antropólogo francês Lévi-Strauss, analisando os povos primitivos, mostra como a passagem do reino animal ao reino humano, ou seja, a passagem da natureza à cultura, é produzida pela instauração da lei, por meio da proibição do incesto. Com isso se estabelecem as relações de parentesco e as de aliança, sobre as quais se constrói o mundo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Introdução da Ética, Moral e Bioética
  • Introdução a filosofia moral
  • O caso dos denunciantes invejosos: introdução prática às relações entre direito, moral e justiça
  • moral
  • Moral
  • moral
  • Moral
  • Moral

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!