Introdução a economia - análise da crise de 2008

Páginas: 5 (1165 palavras) Publicado: 28 de novembro de 2011
Matriz de atividade individual*

Módulo: Módulo II – Correntes do Atividade: Atividade Individual – Módulo II pensamento econômico Título: Análise da Crise de 2008 e das Teorias Econômicas. Aluno: Rômulo Santana Mileris Disciplina: Estatística Empresarial Turma: T0068_0811 - C Introdução Com base na Teoria Keynesiana e na Escola liberal, podemos utilizar alternativas para que a economia serecomponha das crises econômicas que afetam muitos países como, por exemplo, a crise de 2008 que quebrou e afetou muitos bancos da Europa e principalmente os EUA que até hoje não conseguiu se recuperar e como podemos observar que o Brasil não sofreu muito essa crise, pois teve aplicado na economia interna conceitos com base nas teorias liberalistas. Uma defende a idéia de que a economia se auto-regula com base na teoria da mão invisível, para a Escola Liberal a economia é livre; já para Keynes não existe economia livre do Estado, ele é o principal pilar e agente que sustenta e regula a economia. O Estado é um interventor anticíclico (não natural). Características principais da Escola Clássica A escola clássica (início do séc. XIX e fins do séc. XVII) Tem como principal pensamento oliberalismo econômico, é a riqueza das nações onde o trabalho é a fonte de riqueza econômica, através da livre concorrência de mercado, tem como idéia a teoria da mão invisível que regula o mercado, sendo essa teoria fundada da seguinte forma: ao aplicar seu capital para que ele renda o mais possível o indivíduo acaba por ajudar na prospecção do interesse coletivo. O mercado se auto- regula através da livreconcorrência. O fundador dessa escola é Adam Smith (1723-1790). A teoria clássica surgiu do estudo dos meios de manter a ordem econômica através do liberalismo e da interpretação das inovações tecnológicas provenientes da Revolução Industrial.

Todo o contexto da Escola Clássica está sendo influenciado pela Revolução Industrial.

1

Características principais da Escola Neoclássica A escolaneoclássica ou marginalista do pensamento econômico caracterizou-se pelos contributos que deu para o conhecimento da utilidade de um bem e da sua escassez. Caracterizou-se igualmente pela abordagem microeconômica que é um dos campos de estudo da economia; a microeconomia analisa o comportamento de um seguinte mercado, ou seja, como agem produtores x consumidores e que consequentemente se formam opreço, no pensamento micro, os valores (preços) são os resultados finais dessa interação. Semelhanças entre as Escolas Clássica e Neoclássica É a livre concorrência de mercados e a idéia de oferta, demanda e procura. A oferta de cada bem e de cada fator de produção tende sempre a igualar a procura. Para as duas escolas, o elemento que determina esse equilíbrio entre oferta e procura são ospreços. Características da Teoria Keynesiana Modelo que utiliza o Estado como interventor anticíclico (não natural) do sistema capitalista teoria da demanda agregada. É a teoria econômica consolidada pelo economista inglês John Maynard Keynes, consiste em organizar a economia de forma contrária aos neoliberalistas, para o pensamento Keynesiano o Estado é o principal agente para que se tenha o controleeconômico. Para Keynes Não se trata promover uma competição entre o Estado e o mercado, mas sim de obter uma adequada complementação ao mercado, que agindo sozinho não é capaz de resolver todos os problemas, e nem de se auto regular como é dito por exemplo no pensamento liberalista da Escola Clássica. Diferença entre a Teoria Keynesiana e a Escola Liberal As diferenças entre uma e outra éfundamentada em que a Escola Liberal defende a idéia de que o Mercado se auto-regula a partir da teoria da mão invisível, e para Keynes não existe essa auto regulação sem a intervenção do Estado. Para os liberalistas os agentes que regulam a economia partem do principio de que a economia não precisa de intervenção do Estado para se estabilizar. Já pra a Teoria Keynesiana o Estado é o principal agente...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • economia-crise de 2008
  • A crise econômica de 2008 economia
  • Crise na economia da frança 2008/2012
  • Crise de 1929 e 2008 Com Introdução e Conclusã.o
  • Economia criativa x crise economica de 2008
  • Balança Comercial Brasileira: Uma análise pós-crise de 2008
  • Crise de 2008
  • crise de 2008

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!