Introdução á psicologia da educação

Páginas: 6 (1419 palavras) Publicado: 7 de abril de 2013
tempo e espaço, segundos regras livremente consentidas, mas absolutamente obrigatórias". Sendo assim, os jogos têm suas regras flexíveis, sendo muitas vezes adaptados de acordo com o espaço existente, com os materiais disponíveis, número de alunos, e além de apresentar um caráter competitivo como o esporte, dispõe também de caráter cooperativo, recreativo, lúdico em situações de confraternizaçãoou simplesmente como diversão e passatempo. "aquele que joga sabe, ele mesmo, que o jogo é apenas jogo, e que se encontra num mundo que é determinado pela seriedade dos fins.Mas isso não sabe na forma pela qual ele, como jogador imaginava essa relação com a seriedade". Portanto o jogo deve ser ao mesmo tempo, lúdico, dinâmico e serio. Porque o ser do jogo se envolve completamente ao ambientede alegria em que estar lhe proporcionando prazer em esta obedecendo determinadas regras que compõe o jogo. Para desenvolver as atividades de jogo, é necessário que o local esteja previamente preparado (desprovido dos mobiliários) para preservar a segurança e para que a criança tenha a sua disposição o material necessário e oportunidade de relacionar-se com esses objetos, com os adultos alipresentes e com as outras crianças do grupo.
O espaço é elemento fundamental para a vivência nessa abordagem pedagógica dos diferentes planos, o solo é o que apresenta maior oportunidade de relação espontânea da criança na dimensão da amplitude da liberdade de expressão corporal, comumente representada pela intensa variedade de jogos de movimento. “O Jogo é uma atividade ou ocupação voluntaria,exercida dentro de certos e determinados limites de tempo e espaço, segundos regras livremente consentidas, mas absolutamente obrigatórias”. Sendo assim, os jogos têm suas regras flexíveis, sendo muitas vezes adaptados de acordo com o espaço existente, com os materiais disponíveis, número de alunos, e além de apresentar um caráter competitivo como o esporte, dispõe também de caráter cooperativo,recreativo, lúdico em situações de confraternização ou simplesmente como diversão e passatempo. “Aquele que joga sabe, ele mesmo, que o jogo é apenas jogo, e que se encontra num mundo que é determinado pela seriedade dos fins.Mas isso não sabe na forma pela qual ele, como jogador imaginava essa relação com a seriedade". Portanto o jogo deve ser ao mesmo tempo, lúdico, dinâmico e serio. Porque oser do jogo se envolve completamente ao ambiente de alegria em que estar lhe proporcionando prazer em esta obedecendo determinadas regras que compõe o jogo.
O jogo ajuda-o a construir novas descobertas, desenvolve e enriquece a personalidade dos alunos e simboliza um instrumento pedagógico que leva o professor a condição de condutor, estimulador e avaliador da aprendizagem. Os jogos podem sermotivadores e por isto é um instrumento muito poderoso na estimulação da construção do raciocínio, o desafio proporciona o aluno a busca de soluções ou de formas de adaptação a situações de problema.

A importancia dos jogos no desenvolvimento dacriança
O jogo é tão antigo que não se pode mensurar, mas iniciaremos pelo período antigo de nossa historia onde foidesenvolvido em vários lugares onde alcançou um maior desenvolvimento que logo depois veio a contribuir para o avanço dos jogos atuais, buscando uma definição mais simples e clara para melhor entendermos o termo jogo. Ao praticar o jogo, a criança vivencia determinadas situações, agindo por conta própria, que permite a ela sentir a necessidade de mudança nas regras do jogo, de modo a construir suaspróprias maneiras de jogar, facilitando a participação em grupo. Brincadeiras e brinquedos populares são considerados como parte da cultura, sendo transmitidos de geração para geração. Muitos desses brinquedos e brincadeiras preservam sua estrutura inicial, outras se modificam, recebendo novos conteúdos. No entanto, observa-se cada vez mais que o contato das crianças com brinquedos e brincadeiras...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Introdução à psicologia da educação: seis abordagens
  • INTRODUÇÃO A PSICOLOGIA
  • Introdução a psicologia
  • introdução à psicologia
  • introdução à psicologia
  • Introdução a psicologia
  • Introdução a psicologia
  • Introdução a Psicologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!