Interpretação do poema "O Bicho", de Manuel Bandeira

576 palavras 3 páginas
O Bicho

"Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.

Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem."

No poema acima, o autor começa o poema fazendo referência a um animal, no caso, uma pomba ou um rato e só é revelado no final no texto que o bicho, na verdade era um homem, ou seja, um morador de rua.

É usado o artigo indefinido "um" porque ele faz referência aos moradores de rua em geral, não a um homem específico.

Só é revelado no final do texto que o bicho é um homem para ocorrer uma quebra de expectativa e abrir os olhos e chamar a atenção do leitor sobre essa situação.

Manuel Bandeira: um dos grandes poetas da literatura brasileira

Biografia, obras e estilo literário

Este notável poeta do modernismo brasileiro nasceu em Recife, Pernambuco, no ano de 1886. Teve seu talento evidenciado desde cedo quando já se destacava nos estudos.

Durante o período em que cursava a Faculdade Politécnica em São Paulo, Bandeira precisou deixar os estudos para ir à Suíça na busca de tratamento para sua tuberculose. Após sua recuperação, ele retornou ao Brasil e publicou seu primeiro livro de versos, Cinza das Horas, no ano de 1917; porém, devido à influência simbolista, esta obra não teve grande destaque.

Dois anos mais tarde este talentoso escritor agradou muito ao escrever Carnaval, onde já mostrava suas tendências modernistas. Posteriormente, participou da Semana de Arte Moderna de 1922, descartando de vez o lirismo bem comportado. Passou a abordar temas com mais encanto, sendo que muitos deles tinham foco nas recordações de infância.

Além de poeta, Manuel Bandeira exerceu também outras atividades: jornalista, redator de crônicas, tradutor, integrante da Academia Brasileira de Letras e também professor de História da Literatura no Colégio Pedro II e de Literatura

Relacionados

  • Ensaio do poema "O Bicho" de Manuel Bandeira
    1989 palavras | 8 páginas
  • Leitura
    3853 palavras | 16 páginas
  • Charge de Angeli
    278 palavras | 2 páginas
  • agro
    946 palavras | 4 páginas
  • comunicação e expressão
    594 palavras | 3 páginas
  • Antologia poetica
    4416 palavras | 18 páginas
  • Manuel Bandeira
    1658 palavras | 7 páginas
  • Problema de pesquisa
    4465 palavras | 18 páginas
  • Pr Moderniosm
    2481 palavras | 10 páginas
  • Estrela da vida inteira - Manuel Bandeira
    15949 palavras | 64 páginas