Inteligencia competitiva

Páginas: 9 (2119 palavras) Publicado: 14 de outubro de 2014

Leia o texto a seguir e atenda ao pedido de acordo com as orientações explicitadas no final deste documento. (10,0 pontos).
Engenharia do Consentimento
(Walter Felix Cardoso Júnior)
"Se quiseres convencer, fala de interesses em vez de apelares para a razão."
Benjamin Franklin
Vivemos no tempo do "não tenho tempo". Em plena crise de atenção, abandonamos e-mails sem abrir; jogamos forarevistas, correspondências e jornais antes mesmo de sequer olhá-los; amaldiçoamos o telefone que toca sem parar e nos esquivamos das pessoas conhecidas na rua para evitar engajamentos inoportunos.
Temos disponibilidade cada vez menor e ainda somos saturados por um monte de informações que não interessam, mas que ocupam literalmente os nossos neurônios. O tempo que dedicamos a prestar atenção aqualquer coisa é um bem cada vez mais escasso em nossas vidas. Bem escasso - alto valor intrínseco.
Prestar atenção é um ato voluntário que requer esforço consciente. Quando alguém chama a nossa atenção de forma não apropriada ou fora de hora ou ainda por um motivo fútil, isso tende a nos irritar, pois a interrupção indevida mata o tempo, um bem escasso.
Diante de tanta perturbação ao redor daspessoas, como promover um engajamento coletivo em torno de idéias e interesses?
Don Pepers, tentando encontrar novas maneiras de engajar as pessoas em relações comerciais, afirma que no futuro próximo o ato de vender alguma coisa a alguém exigirá, antes de tudo, obter a permissão do sujeito, e que isso consistirá, necessariamente, em um processo de troca. Ou seja, a aquiescência das pessoas tem umpreço, a contrapartida de receber algo que realmente lhes interesse. Não sendo assim, a sua atenção não será despertada, pois haverá sempre inúmeras atrações ao redor.
Entretanto, olhar a questão da permissão partindo de uma perspectiva puramente comercial é um desperdício conceitual. O ato de "vender" transcende a dimensão econômica e configura um processo transferência de idéias, de influencia sobreas decisões de outrem com base em vontades pré-determinadas.
Sendo o livre-arbítrio um direito bastante respeitado em nossos dias, a capacidade de influenciar os outros será mais do que um desafio; será uma necessidade essencial para o sucesso de qualquer empreendimento.
O processo de construção de relações interpessoais com base na anuência é o que chamamos Engenharia do Consentimento. Istoconsiste na transformação de estranhos em colaboradores mediante uma campanha de largo prazo, interativa, em que os indivíduos serão recompensados por prestar atenção a mensagens relevantes.
Contudo, deve ser considerado que não podemos construir um relacionamento personalizado com um alguém a menos que ele concorde explicitamente com o processo. Isso faz com que seja considerada a adoção dosseguintes procedimentos:
Primeiro é preciso conquistar aquela atenção inicial, e você terá que interromper o sujeito com uma mensagem destinada a fazer com que ele diga "sim" para uma troca recompensadora de informação e de valores. A boa troca dá partida à construção da confiança que você poderá potencializar para uma relação de colaboração ao longo do tempo.
Em um segundo momento você deveráclaramente ao sujeito algo que seja do seu interesse. A oferta deve estimular uma motivação "egoísta", sem desvantagens. Quanto menos você "pedir" ao sujeito e quanto maior for a "recompensa" dele, grande será a probabilidade de você conquistar a permissão, que não será profunda nem ampla, mas que garantirá à sua próxima interação um impacto ainda maior. É bom enfatizar que a recompensa oferecida deveser óbvia e simples.
Depois que você interrompeu o sujeito e o envolveu na troca de informações e de valores, agora precisa ajudá-lo a dar mais permissão. Para isso, seja pessoal, relevante e antecipe sentimentos; isto ajuda a reduzir a expectativa. Sem fazer surpresas ao interlocutor, você poderá aumentar gradualmente o nível de permissão que conquistou.
Promovendo sucessivas melhoras na...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Inteligencia competitiva
  • Inteligência Competitiva
  • Inteligência competitiva
  • Inteligencia Competitiva
  • Inteligência competitiva
  • Inteligencia competitiva
  • Inteligencia competitiva
  • Inteligencia competitiva

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!