Inteligência emocional: habilidades sociais na adolescência

Páginas: 14 (3303 palavras) Publicado: 9 de dezembro de 2013
Introdução
Na adolescência, a aparência dos jovens muda; como resultados dos eventos hormonais da puberdade adquirem corpos de adultos. Seu pensamento também muda; são mais capazes de pensar em termos abstratos e hipotéticos. Seus sentimentos mudam sobre quase tudo. Todas as áreas de desenvolvimento convergem à medida que os adolescentes confrontam sua principal tarefa: firmar uma identidade.(Papalia, p.434, 2008). Segundo Elkind (1998), existem duas formas de desenvolver a identidade. A primeira e mais saudável é um processo de diferenciação e de integração: tornar-se cônscio dos muitos aspectos em que se é diferente dos outros e depois integrar essas partes distintivas de si mesmo em um todo unificado e único (Papalia, p.482). O segundo caminho, inicialmente mais fácil, é o dasubstituição: substituir de forma infantil, um conjunto de idéias e de sentimentos a sei próprio respeito por outro simplesmente adotando as atitudes, as crenças e os comprometimentos de outras pessoas como os seus (Papalia, p. 483).O tema abordado tem relevância significativa devido à importância da inteligência emocional na adolescência no processo de formação do ser humano. Conhecer o repertório dehabilidades sociais destes adolescentes e mencionar possíveis déficits é o primeiro passo para futuras intervenções com a finalidade de colaborar no desenvolvimento pessoal e social do adolescente.
Inteligência Emocional
A busca do desenvolvimento da inteligência é uma constante, por isso, em Paris, no ano de 1904, o psicólogo Alfred Binet desenvolveu um teste para avaliar a inteligência de formaobjetiva para separar crianças “mais inteligentes” ou superdotadas das crianças com grau de dificuldade de aprendizado, isso em fase escolar. Esse teste recebeu o nome de Quociente de Inteligência (QI); “buscava diferenciar a idade mental da idade cronológica da pessoa, ou seja, propunha a existência de uma divisão entre elas” (MUSSAK, 2003). A inteligência é medida não apenas por simples teste,levando em consideração que temos vários tipos de inteligência humana tais como: inteligência musical, espacial, lógica-matemática, entre outras, não nos prendendo a um só estereotipo. Equivale a dizer que analisamos o indivíduo naquilo em que ele mais consegue desenvolver seu potencial. “Para que ele se destaque na sua área não existe fórmula mágica ou remédio infalível. Existe, sim, potencial,dedicação e persistência” (MUSSAK, 2003). O psicólogo Daniel Goleman criou uma nova teoria sobre inteligência, aproximando as emoções da vida racional. Foi na abordagem dessa questão que surgiu o Quociente Emocional (QE). “A questão central colocada e estudada por ele foi à grande carência que tem o ser humano moderno de controlar seu nível de emoções” (MUSSAK, 2003). Segundo Goleman (1995, p. 48):A inteligência acadêmica não oferece praticamente nenhum preparo para o torvelinho – ou oportunidades – que trazem às necessidades a vida. Mesmo assim, apesar de um alto Q.I. Não ser nenhuma garantia de prosperidade, prestigio ou felicidade de vida, nossas escolas e cultura concentram-se na capacidade acadêmica ignorando a inteligência emocional, um conjunto de traços – que alguns chamariam decaráter.
A Inteligência Emocional (IE) está relacionada a habilidades tais como motivar a si mesmo e persistir mediante frustrações, controlar impulsos, canalizando emoções para situações apropriadas, praticar gratificação prorrogada, motivar pessoas, ajudando-as a liberarem seus melhores talentos e conseguir seu engajamento os objetivos de interesses comuns. As emoções muitas vezes influenciam aspessoas em suas decisões e isso significa que esta se mantém ativa já que colabora com o amplo e global crescimento do individuo. Pode ser desenvolvida positivamente já que possui tanta influencia sobre as pessoas através das observações e avaliações do próprio comportamento e sentimento ocultando sentimentos como: raiva, desânimo, frustrações e substituindo-os por bom humor, entusiasmo e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Inteligencia Social X Inteligencia Emocional
  • Inteligência emocional e social
  • Inteligencia Emocional
  • Inteligencia emocional
  • Inteligência EMOCIONAL
  • Inteligencia emocional
  • Inteligencia emocional
  • Inteligencia emocional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!