Instrumentação para a intervenção

Páginas: 7 (1746 palavras) Publicado: 17 de novembro de 2011
[pic]

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL



OPERACIONALIZAÇÃO E EFETIVAÇÃO DO SUS

Brasília
2010
ANA CATARINA MARTINS GARCIA

SISTEMA ÚNICO DE SAUDE NOS MUNICIPIOS

Trabalho apresentado ao Curso serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paranápara a disciplina de: Políticas Sociais III.

Orientador: Prof. Sirlei Fortes de Jesus

Brasília
2010
SUMÁRIO:

PARTE-1: IDENTIFICAÇÃO DOS DESAFIOS DA OPERACIONALIZAÇÃO

DA POLITICA DE SAUDE NOS MUNICIPIOS.

PARTE- 2: PRODUÇÃO TEXTUAL

INTRODUÇÃO

DESENVOLVIMENTO

BIBLIOGRAFIA

ANEXOS

PARTE-1: IDENTIFICAÇÃO DOS DESAFIOS DA OPERACIONALIZAÇÃO DAPOLITICA DE SAUDE NOS MUNICIPIOS:

Pesquisa realizada na Secretaria de Saúde do DF dia 04 de Abril de 2010 (14h35min)

A) Existe Conselho Municipal de saúde no município? Quem é o presidente?

Brasília não tem município então, temos o Conselho de Saúde do Distrito Federal. Conselho de saúde é um espaço de representação e participação social, estâncias coletivas, compoder de decisão, em caráter permanente. Estão ligados ao Poder Executivo.

Presidente: José Geraldo Maciel

B) Como o Conselho é constituído?

• Conselho de Saúde do DF, com 50% usuários, 25% trabalhadores e 25% representantes dos gestores;
• Conselhos Regionais de Saúde, 50% usuários, 25% trabalhadores e 25% representantes dos gestores;
• ConselhosGestores, 60% de usuários, 30% de trabalhadores e 10% de representantes dos gestores.
C) Há participação da sociedade civil? De que forma?
R: Os usuários são representados pela sociedade civil organizada: movimentos sociais e populares
D) As conferencias municipais acontecem de quanto em quanto tempo?
R: Os encontros acontecem de quatro emquatro anos, em nível Municipal, Estadual e Federal.
E) Como se dá a mobilização para a participação da sociedade civil?

R: Concentrassem exercendo o controle sobre o SUS participando dos Conselhos de Saúde e das Conferencias de Saúde.

F) Quais as propostas mais relacionadas aos desafios da operacionalização da política de saúde discutidas nas reuniões doConselho de Saúde e que foram levadas como proposta até as Conferências Municipais de Saúde?

R: Programas de Acidentes e Violências, Combate a Asma, Internação Domiciliar, Populações Vulneráveis, Saúde Ambiental, Saúde Bucal, Saúde da Comunidade, Saúde da Criança, Saúde da Família, da Mulher, do Adolescente, do Adulto, do Idoso, do Trabalhador, Mental, Prisional e Rural.G) Quais as propostas que foram efetivadas e que hoje são garantidas enquanto direito da população?

O Conselho Nacional de Saúde reafirma seu compromisso com o fortalecimento do Controle Social, contribuindo para que os Conselhos de Saúde Estaduais, Municipais e do Distrito Federal elaborem a sua Política de Educação Permanente para o Controle Social no Sistema Único deSaúde - SUS, considerando as especificidades locais e diversidades regionais, observando os princípios, as diretrizes e recomendações da Política Nacional.

PARTE- 2: PRODUÇÃO TEXTUAL.

1-INTRODUÇÂO:

Primeiro vamos ter um conceito do que é e como foi implantado o SUS(Sistema Único de Saúde ):

O Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado pela Constituição Federal de 1988 para que toda apopulação tenha acesso ao atendimento público de saúde. Anteriormente, a assistência médica estava a cargo do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS), ficando restrita aos empregados que contribuíssem com a previdência social; os demais eram atendidos apenas em serviços filantrópicos. Do Sistema Único de Saúde fazem parte os centros e postos de saúde, hospitais -...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Instrumentação para intervenção i
  • O trabalho profissional: instrumentação para intervenção
  • trabalho profissional: instrumentação para a intervenção
  • O trabalho profissional: instrumentação para intervenção
  • O trabalho profissional: instrumentação para a intervenção.
  • O TRABALHO PROFISSONAL: INSTRUMENTAÇÃO PARA A INTERVENÇÃO
  • Instrumentação para intervenção i.
  • O TRABALHO PROFISSIONAL: Instrumentação para a Intervenção

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!