Informação profissional na ensino fundamental: uma nova expectativa do ensino-aprendizagem

Páginas: 23 (5700 palavras) Publicado: 7 de agosto de 2011
Cleiton Guilherme Menezes
Janaína Andrade dos Santos
Luciana Evangelista Moura

INFORMAÇÃO PROFISSIONAL NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA NOVA PERSPECTIVA DE ENSINO APRENDIZAGEM

Palmas-TO
2008

Cleiton Guilherme Menezes
Janaína Andrade dos Santos
Luciana Evangelista Moura

INFORMAÇÃO PROFISSIONAL NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA NOVA PERSPECTIVA DE ENSINO APRENDIZAGEMTrabalho apresentado como parte da disciplina de Orientação Profissional (Teoria e Prática), do Curso de Pedagogia / Pscicologia sob a orientação da Profª. Liliam Deisy Ghizoni e Dinéia Wolney Costa Mathews

Palmas-TO
2008
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 4
2 JUSTIFICATIVA 6
3 OBJETIVOS 7
3.1. Objetivo Geral 7
3.2 Objetivos Específicos 7
4 IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO E LOCAL DEEXECUÇÃO 8
4.1 Local e execução do projeto 8
4.2 Público Alvo 8
4.3 Período de execução do projeto 8
5 METODOLOGIA 10
5.1 Planejamento dos Encontros 10
6 REFERENCIAL TEÓRICO 23
6.1 A Informação como base do conhecimento e do compromisso 23
6.2 O Papel do Jogo no Desenvolvimento da Criança 24
6.3 Jogo e a aprendizagem 25
7 CRONOGRAMA DE ENCONTROS 27
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS29
ANEXOS

1 INTRODUÇÃO

A Orientação Profissional é uma atividade que vem sendo desenvolvida por diversos profissionais, incluídos ai os psicólogos e pedagogos. Inicialmente, segundo BOCK (2002) a abordagem sócio-histórica aponta caminhos para entender o indivíduo na sua relação com a sociedade de forma dinâmica e dialética. Porém atualmente segundo DAL MEDICO (2005) a OrientaçãoProfissional deve se iniciar bem cedo, desde as primeiras séries da escolarização, e desenvolver-se como um processo contínuo, paralelo ao desenvolvimento geral do indivíduo.
O histórico da orientação profissional apresenta diferentes fases segundo BOCK (2002), em que diferentes enfoques foram dados à matéria. Há estudos situando a orientação profissional na Psicologia do Trabalho, outros naPsicologia Educacional, outros na área da Orientação ou do Aconselhamento e, mais recentemente, apresentando a Orientação Profissional com uma área em si. As ampliações ou modificações introduzidas por diferentes estudiosos constituem uma sequência histórica decorrente do próprio desenvolvimento da orientação profissional, o qual, por sua vez, está inserido num contexto histórico global.
Apartir da aprovação da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB, lei 9.394/96), houve uma preocupação por parte dos orientadores em promover essa articulação uma referência explícita na urgência dessa vinculação frente às mudanças ocorridas no mundo do trabalho, como o que prevê a própria lei, no sentido de que a prática escolar se vincule à prática social mais ampla.
Lisboa e Soares(2000) ressaltam a necessidade de uma disponibilidade dos orientadores para o exercício da consciência crítica para descobrir até onde eles e seus orientandos podem chegar na direção de desalienarem-se não produzindo modelos que não privilegiam o ser humano, mais sim o capital. Portanto, o papel da Orientação Profissional como prática que resgate junto aos orientandos a dimensão do trabalhohumano enquanto direito inalienável, capacitando para a realização de escolhas críticas e emancipadoras, bem como as influências do papel da cultura no processo de escolha da profissão.
Orientar os alunos, no contexto escolar, para seu ingresso no mundo do trabalho e da cultura, numa sociedade pautada pela lógica contraditória do mercado significa um desafio para a Orientação Profissional nosentido de resgatar para esses orientandos um novo sentido de trabalho, enquanto processo de humanização e cidadania. Tudo parece requerer a construção do sentimento de liberdade, na medida em que estes possam refletir criticamente a respeito de si mesmos e de seus contextos, na direção da transformação da realidade sócio-cultural e da sua identidade juvenil. Caberá então para os orientadores...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Expectativas de aprendizagem de português 1°ano ensino fundamental
  • Expectativas de Ensino e Aprendizagem
  • LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL: O USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO PROCESSO DE...
  • Dificuldades de Ensino e de Aprendizagem no Ensino Fundamental.
  • ENSINO E APRENDIZAGEM DE QUADRILÁTEROS NO ENSINO FUNDAMENTAL
  • Aceleração da aprendizagem no ensino fundamental
  • Dificuldade de aprendizagem no ensino fundamental
  • A REALIDADE DA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO – TICS, NO PROCESSO ENSINO...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!