Inflação

Páginas: 7 (1568 palavras) Publicado: 14 de maio de 2012
Capítulo 13

Inflação

Conceito de inflação

A inflação é definida como um aumento contínuo e generalizado no índice de preços, e não podem ser confundidos com altas esporádicas de preços.
O aumento de um bem ou serviço em particular não constitui inflação, que ocorre apenasquando há um aumento generalizado, da maioria de bens e serviços.
A forma mais tradicional para estudar a questão inflacionária é distinguir a inflação provocada pelo excesso de demanda agregada (inflação de demanda) da inflação por elevação de custos (inflação de custos) e da inflação devida aos mecanismos de indexação de preços (inflação inercial).Inflação de demanda

A inflação de demanda refere-se ao excesso de demanda agregada em relação á produção disponível de bens e serviços.
A probabilidade de ocorrer inflação de demanda aumenta quando a economia está próximo do pleno emprego de recursos. Nessa situação, aumento da demanda agregada de bens e serviços, com a economia já em plena capacidade conduzem a elevação depreços.
Um fenômeno associado á inflação de demanda é a chamada curva de Phillips que mostra que existiria uma relação inversa entre as taxas de salários e as taxas de desemprego.
Para combater um processo de inflação de demanda, a política econômica deve basear-se em instrumentos que provoquem redução da procura agregada de bens e serviços (como redução dos gastos do governo, aumentoda carga tributária, controle de créditos e elevação da taxa de juros).

Inflação de custos

A inflação de custos pode ser associada a uma inflação tipicamente de oferta. O nível da demanda permanece o mesmo, mas os custos de certos fatores importantes aumentam. Com isso, ocorre uma retração da produção, deslocando a curva da o oferta do produtopara trás, provocando um aumento dos preços de mercado.

As causas mais comuns dos aumentos dos custos de produção são:

Aumento do custo de matérias-primas.
Aumentos salariais acima da produtividade.
Estrutura de mercado.




Inflação inercial

A inflação inercial é o processo automático de realimentação de preços. Ouseja, a inflação corrente decorre da inflação passada, perpetuando-se uma inércia ou memória inflacionária. Ela é provocada, fundamentalmente, pelos mecanismos de indexação formal (salários, aluguéis, contratos financeiros) e indexação informal (preços em geral e impostos, preços e tarifas publicas).
Os aumentos de preços passados são automaticamente repassados para todos os demais preçosda economia, por meio dos mecanismos de correção monetária, cambial e salarial, gerando um processo auto-realimentador de inflação.


Efeitos provocados por taxas elevadas de inflação

Os efeitos mais perversos do processo inflacionário ocorrem no perfil da distribuição de renda, nos investimentos empresariais e crescimento econômico no balanço de pagamentos e nas finançaspúblicas.
A distorção mais séria provocadas por altas taxas de inflação é a piora da distribuição de renda, como todo o salário da categoria assalariada recebido destinam-se a sua subsistência, elas não têm meios de aplicar seu dinheiro, de forma a se defender da inflação. Na verdade, são as famílias de baixa renda, que pagam o chamado imposto inflacionário.
Devemos destacar também o efeito quealtas taxas de inflação provocam sobre os investimentos e, conseqüentemente, no crescimento econômico. Devido o setor empresarial ser bastante sensível á influência da inflação no que diz respeito a expectativas sobre o futuro, dadas a instabilidade e a imprevisibilidade de seus lucros , o empresário permanecerá em compasso de espera, enquanto a situação perdurar, e dificilmente tomará...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • inflacao
  • Inflação
  • Inflação
  • Inflação
  • Inflação
  • Inflação
  • INFLAÇÃO
  • Inflação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!